Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Verdade e Democracia

22.08.20

Se havia alguma apreensão com a capacidade das democracias lidarem com pandemias, os cidadãos deram uma resposta positiva aos mais diversos níveis. Desta vez, e perante tantas, e naturais, incertezas da comunidade científica, os cidadãos usaram a quantidade inédita de informação disponível para anteciparem as medidas mais polémicas de isolamento social. Outro dado importante é a prevalência da verdade nas democracias e o consequente clima de confiança que origina. Os cidadãos não toleram estratagemas, infantilizações nem mistificações. São maduros até na adversidade. Preferem conhecer a verdade por mais difícil que possa ser. Lidam melhor com "toda a informação" porque preparam-se, antecipam os comportamentos mais exigentes e incluem as actuações menos maduras ou informadas. Há uma espécie de auto-regulação cidadã que abre uma janela de esperança que poderá contrariar os efeitos dos "novos" "hackers de dados da Cambridge Analytica". Há todo um envolvimento cidadão que se espera que fortaleça as democracias e confine os movimentos mais populistas que têm exibido um elenco inesquecível de irresponsabilidades.
Primeira edição deste texto em 6 de Abril de 2020.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.