Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

da realpolitik e das presidenciais - 2

28.01.16
        "(...)Interessante é ver o enorme contraste entre os resultados das esquerdas inovadoras e das esquerdas conservadoras. Enquanto aquelas - esquerda do PS e BE - averbaram ganhos significativos, estas - o PS neoliberal e o PCP ortodoxo - registaram perdas claríssimas. E estas, infelizmente, foram suficientes para anular, a favor da direita, os ganhos obtidos.(...)". O que leu é parte de um texto de José Sarmento Ferreira no facebook e é bem elucidativo da confusão à (...)

da realpolitik e das presidenciais - 1

27.01.16
      Independentemente do efeito eucalipto à direita provocado por Marcelo, era expectável uma segunda volta. Não aconteceu por 2,5%, se tanto. Por muitas análises que se façam, há uma responsabilidade objectiva do PS nesse facto. Maria de Belém, com todo o direito a candidatar-se, obviamente, surgiu aos olhos dos eleitores como a anti-costistas apoiada pelos "seguristas" (digamos assim, porque não sei se esses legados existem). Partiu com 16 ou 17% e finalizou com 4%. Para (...)

Obrigado Sampaio da Nóvoa

25.01.16
        Trinta anos depois de ter assinado, em Chaves, uma lista de apoiantes da primeira mulher independente, Maria de Lurdes Pintasilgo (1986), candidata à Presidência, apoiei pela primeira vez publicamente (os tempos mediáticos são realmente muito diferentes e com influência decisiva no desfecho até de eleições presidenciais), e fui proponente, um candidato à Presidência: António Sampaio da Nóvoa (2016).   O candidato a Cidadão Presidente não venceu, mas (...)

do apoio ao "Soldado Raso"

17.01.16
      “Nunca ouvimos a este candidato a preocupação de haver dois países: o país dos mesmos rostos de sempre, que se perpetua na política e no poder mediático, e um outro país, com todos aqueles que independentemente do que deram e dão à causa pública se deveria limitar, ouvi-o dizer, à condição de soldados rasos! Soldados rasos? Mas soldados rasos somos nós todos!". Até parecia que estas palavras, ditas hoje, em Lisboa, por Sampaio da Nóvoa, foram ouvidas no (...)

Sampaio da Nóvoa embalou

16.01.16
      "Basta que Marcelo caia alguns pontos e ou Sampaio da Nóvoa consolide a ultrapassagem a Maria de Belém" para que se equacione a segunda volta, disse uma jornalista politóloga insuspeita de votar em Sampaio da Nóvoa ou num candidato do centro esquerda. Não sei se a abstenção vai subir, já se percebeu que Marcelo está longe dos seguros 60%, que Sampaio da Nóvoa embalou e que no Expresso real já duplica a votação de Maria de Belém; neste Expresso, o ex-comentador (...)

perplexidade com António Vitorino

14.01.16
       António Vitorino disse, na SICN, que com candidaturas assim (e referia-se a todas) as presidenciais descredibilizam-se e o sufrágio directo e universal fica em causa, podendo a escolha passar para um colégio eleitoral (emanado da Assembleia ou do Conselho de Estado?). Já tinha reparado que Vitorino não aprecia, por exemplo, Sampaio da Nóvoa, mas fiquei perplexo com a desconfiança no voto popular e no sufrágio directo e universal (não falava da refundação do regime).