Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

Rembrandt van Rijn, The Anatomy Lesson of Dr Nicolaes Tulp, 1632

13.12.18
            Rembrandt van Rijn, The Anatomy Lesson of Dr Nicolaes Tulp, 1632 Foi com este célebre quadro que Rembrandt se apresentou, e se afirmou, em Amesterdam. Para além de outros detalhes, os alunos deixaram de estar alinhados e o olhar divergia: para o professor, para o livro aberto, para o objecto de estudo e até para a "objectiva". E claro: todos estavam iluminados. Museu Mauritshuis, Haia, 2ª edição

Rembrandt van Rijn, The Anatomy Lesson of Dr Nicolaes Tulp

10.08.18
          Rembrandt van Rijn, The Anatomy Lesson of Dr Nicolaes Tulp, 1632 Foi com este célebre quadro que Rembrandt se apresentou, e se afirmou, em Amesterdam. Para além de outros detalhes, os alunos deixaram de estar alinhados e o olhar divergia: para o professor, para o livro aberto, para o objecto de estudo e até para a "objectiva". E claro: todos estavam iluminados. Museu Mauritshuis, Haia,  

Do professor e da centralidade

29.01.18
        Surprende como, ciclicamente, se assume o afastamento do professor da centralidade do processo de ensino e aprendizagem. No século XVII, por exemplo, procuravam-se novos recursos didácticos mas sempre com o professor dentro do espaço central. Aliás, foi com a célebre "Lição de Anatomia do Dr Nicolaes Tulp" (1632) que Rembrandt se apresentou, e se afirmou, em Amesterdam. Se atentar, verá que os alunos deixaram de estar alinhados e que o seu olhar divergia: para o (...)

Rembrandt (1)

21.08.17
          Rembrandt van Rijn, The Anatomy Lesson of Dr Nicolaes Tulp, 1632 Foi com este célebre quadro que Rembrandt se apresentou, e se afirmou, em Amesterdam. Para além de outros detalhes, os alunos deixaram de estar alinhados e o olhar divergia: para o professor, para o livro aberto, para o objecto de estudo e até para a "objectiva". E claro: todos estavam iluminados. Museu Mauritshuis, Haia, Agosto de 2017