Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

A cidade perdida em Z

14.05.17
      Ir ontem a Lisboa era um risco, mais ainda ao fim da tarde com destino à zona do Saldanha. Havia a incógnita da crise do aeroporto (em 75 anos de existência, foi a primeira falha no abastecimento de combustível; também só desde 2013 é que os privados o gerem) e notava-se nas áreas de serviço da autoestrada a deslocação da multidão da nossa senhora de Fátima para a nossa senhora da Luz. Estacionar de imediato no parque gratuito do cinema Monumental e ver o muito (...)

concordâncias

01.11.16
      Susan B. Antony (1820-1906) foi uma feminista norte-americana. Tem uma frase célebre que diz mais ou menos assim: "Não confio em pessoas que sabem exactamente o que Deus quer que elas façam". Na minha modesta opinião, este aforismo não é intolerante com os crentes; o detalhe importante estará no exactamente que serve para o machismo muçulmano e sublinha a importância da exaltação sem complexos do ateísmo. Causa do milénio que agora começou.          

da adopção de crianças

22.11.15
        Impressionou-me ouvir a Igreja reivindicar superioridade moral na Educação de crianças; e logo em crianças carentes de adopção. Das duas uma: já não há produção de espelhos ou espera-nos o fim do mundo.    

Dos desafios europeus e da defesa da liberdade

19.11.15
    A questão "estado islâmico" tem diversos ângulos de análise. A venda de armamento e o petróleo são, por exemplo, dois temas incómodos para o ocidente. Para além disso, é importante olharmos para dentro e para a história recente.    O célebre relatório de Jacques Delors, "A educação - um tesouro a descobrir", abordou o multiculturalismo, as migrações e o relativismo cultural de modo polémico. Defendeu-se que o multiculturalismo contribuiu para bolsas de (...)

incrédulo

31.07.10
          incrédulo: (do Lat. incredulu adj. e s. m.) que ou aquele que não crê, que não tem crença; ateu.     (1ª edição em 16 de Agosto de 2006)

A obesidade mental - Andrew Oitke

22.07.10
                  Só dois pontos prévios: para a minha costela de ateu, ainda bem que algumas obesidades se alargam; há alguma demagogia neste texto - por exemplo: outras formas de família é bem diferente de família contestada e por aí fora. Mas o melhor é ler. O prof.  Andrew Oitke publicou o seu polémico livro «Mental Obesity», que revolucionou os campos da educação, (...)