Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

do manual da bancarrota, do empobrecimento dos outros e dos afins

08.02.14
          Passei os olhos pela comunicação social mais mainstream e fui recortando notícias do citado manual. Podia, como é evidente, estar por aqui o dia todo em tão simples tarefa.   É espantosa a velocidade com que o bloco central tenta recuperar a malta do empobrecimento dos outros. Nem os erros clamorosos das folhas excel comovem alguns dos autores do manual referido em título. Segundo a página 8 do Expresso, a autora das entrevistas ao ex-ministro das finanças e da (...)

sigam o Gaspar

04.01.14
        Vítor Gaspar, ex-ministro das finanças também conhecido pelos dotes vagarosos e algo meteorologistas, não era um tu-cá-tu-lá com a Comissão Europeia, com o Governo alemão, com o BCE e com o FMI? A resposta é um sim inequívoco. Mas mais: era também um valor seguro para os mercados, quiçá até o único trunfo da credibilidade portuguesa nesse mundo meio-casino-meio-trafulha.   E o que fez o tal de Gaspar-do-excel-e-peixe-de-águas-profundas-com-desprezo-pelos-votos

é bom que se sublinhe

02.07.13
          O coro anti-Vitor-Gaspar inclui a quase totalidade da nação, mas é fundamental sublinhar algumas diferenças a pensar no presente e no futuro. O coro não se cansa de sublinhar a decisiva importância dos professores. Agradecemos e registamos. Reconhecemos a simbologia e o exemplo das nossas acções apesar de representarem uma migalha no orçamento de Estado e a centésima milionésima parte do desvario da corrupção. É que,

do mau perder e das obsessões

01.07.13
        Decidi-me pela SIC para o telejornal da noite da demissão de Vitor Gaspar. Apanhei com o cronista Tavares do Expresso (quase que me arrependi) e com o inefável anti-PPPs-e-demais-biliões-de-corrupção, Gomes Ferreira. Já os conhecia, dos tempos lurditas d´oiro, com um básico registo anti-professores. Não me admirei que tivessem colocado as greves dos professores no epicentro da demissão do dia, embora divergissem na importância da acção executiva do (...)