Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

de vexame em vexame

15.11.13
        Pesei bem o título e podia usar os substantivos do costume como humilhação e vergonha.   Como se tinha previsto, a já longa alienação vigente vexa diariamente os professores. Desta vez é a prova de avaliação para os professores contratados.   São os telejornais que abrem com o assunto ou os jornais diários que incluem o tema em primeira página e ainda estamos nos primeiros episódios do desmiolo. Um enjoo difícil de suportar.   Por outro lado, nas (...)

da memória

22.09.13
        A discussão à volta da tortura parece estar na moda nos EUA. Escolhi o dia 28 de Maio de 2008 para publicar um post sobre o assunto: "(...)Estado de excepção é um conceito utilizado pelo filósofo italiano Giorgio Agamben e inicialmente definido por Carl Schmitt. Preocupado com as derivações das nossas democracias, que legitimam ideias e práticas típicas das (...)

a inconstitucionalidade e os professores titulares

08.03.12
    O desrespeito com que alguns decisores, que em muitos casos não prestaram sequer provas públicas que se reconheçam, trataram os professores da escolas públicas do ensino não superior, que na maioria dos casos prestaram contas publicas em processos de longa duração até contratualizarem a sua situação profissional com o Estado, vai-se evidenciando de forma que reafirma a justeza dos nossos argumentos.   O processo (sim, o processo com a mais legítima conotação kafkiana (...)

fragmentos

10.03.11
      Não adiantam os eufemismos: as relações entre professores estão mais tensas do que em 2008 e isso pode ser mais explosivo. Houve um aspecto que me impressionou na queda dos titulares: o desespero de alguns titulados com a perda da condição.   Agora, deixa-me meio-boquiaberto o desconforto com a possibilidade de suspensão do desmiolado modelo de avaliação. (...)

sejamos sérios

23.06.10
    Não me quero repetir, mas haverá alguém responsável pela presença numa qualquer mesa de negociação que não tenha percebido, ainda em 2009, que não haveria aumentos salariais nem progressões na carreira nos próximos anos? Ou não repararam na chuva de milhões que foram metidos nos mercados para que a grande depressão não acontecesse de imediato? Se não viram nada disto é grave. Eu vi, e sou apenas um blogger não alinhado, e escrevi-o vezes sem conta; como aqui (...)

foi delírio ou não foi?

23.02.10
    Foi daqui     Não tenho a mania, mas não tenho mesmo, que sou bruxo. As únicas coisas em que me reconheço é no estudo, no trabalho persistente, em alguns assuntos (Educação e sistemas de informação, por exemplo) e numa razoável curiosidade por várias matérias.   Nos primeiros três anos (o correntes vai fazer seis) raramente escrevi (...)

a semente do diabo

27.01.10
  Foi daqui.       As políticas educativas dos últimos quatro anos foram muito abrangentes: demoliram o poder democrático da escola, tentaram denegrir a imagem social dos professores, deram corpo a um projecto de "escola armazém", foram o farol do instalado inferno burocrático emanado do poder central e, em suma, concretizaram o liberalismo selvagem dos neo-conservadores americanos (...)

do fenómeno santo onofre

01.12.09
  Foi daqui.   Os professores não se podem queixar muito da duração desta luta a partir do momento em que 80.000 entregaram uns mistificadores objectivos individuais uma semana depois de 120.000 se terem manisfestado com a mais comovente das veemências. É assim a natureza humana. Mas os 40.000 que resistiram, e que em alguns casos sofreram dissabores, viram uma quase (...)