Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Chove. É dia de Natal.

25.12.22
Chove. É dia de Natal. Chove. É dia de Natal. Lá para o Norte é melhor: Há a neve que faz mal, E o frio que ainda é pior. E toda a gente é contente Porque é dia de o ficar. Chove no Natal presente. Antes isso que nevar. Pois apesar de ser esse O Natal da convenção, Quando o corpo me arrefece Tenho o frio e Natal não. Deixo sentir a quem quadra E o Natal a quem o fez, Pois se escrevo ainda outra quadra Fico gelado dos pés. Fernando Pessoa, in 'Cancioneiro'

Composição escrita num exemplar da gesta de beowulf (3)

24.10.22
Pergunto a mim próprio que razões Me movem a estudar sem uma esperança De precisão, enquanto a noite avança, A língua desses ásperos saxões, Já gasta pelos anos a memória Deixa cair a em vão repetida Palavra e é assim que a minha vida Tece e destece sua exausta história Será (disse-me então) que de algum modo Secreto e suficiente a alma sabe Que é imortal e que o seu vasto e grave Círculo abarca tudo e pode tudo. Pra lém deste cuidado e deste verso Espera-me inesgotável (...)

"A Luz dos Astros, Essa, Não Morre"

22.10.22
As sociedades polarizaram-se e ampliaram os fanatismos e as necessidades de pertença: somos os melhores, somos os primeiros, os nossos primeiro e por aí fora. Há um número inédito - de pessoas e de factos - de fantásticos, de excelentes e de históricos. A pressa pela notoriedade é instantânea e excessiva. Desconvoca a humildade. Passada a euforia, instala-se a frustração que gera mais polarização. Eleve-se o vagar. Aliás, a observação, e a passagem do tempo, recomenda (...)

Sempre Os Vidoeiros

17.10.22
Gostaria de ir subindo num vidoeiro, Subindo em galhos pretos ao longo de um tronco branco como a neve Em direcção ao céu, até que a árvore não aguentasse mais, E se vergasse toda e me recolocasse no chão, As duas coisas seriam boas, tanto ir como voltar.  Robert Lee Frost (São Francisco, Califórnia, 26 de Março de 1874 — Boston, 29 de Janeiro de 1963)  "Vidoeiros", tradução de Maria Murray, R. J. Lidador, 1969, p. 42. (reedição)

Cálamo

04.10.22
Parte de uma carta de Walt Whitman ao seu editor inglês William Rosseti, em 1867. "Cálamo é uma palavra corrente. Trata-se da erva ou juncácea aromática de grande porte que cresce nas zonas pantanosas dos vales, cujo caule mede quase um metro de altura;..." Um dos poemas de Cálamo. Separando a erva dos prados. Separando a erva dos prados, aspirando o seu raro aroma, Dela reclamo a espiritualidade, Exijo o mais íntimo e abundante companheirismo entre os homens, Peço que (...)

Rainer Maria Rilke para o Último Dia de Abril

30.04.22
A poesia de Rainer Maria Rilke não é fácil. Exige leitura repetida. O resultado é sublime. É um dos meus poetas preferidos. Uma das suas obras maiores, "As elegias de Duíno", confunde-se com a aura do local onde o poeta a iniciou: o castelo de Duíno, que se situa perto da cidade de Trieste sobre o mar Adriático. Deixo-vos uma parte - na tradução de Maria Teresa Dias Furtado - da primeira elegia.   Se eu gritar quem poderá ouvir-me, nas hierarquias dos Anjos? E, (...)

Dos Crimes de Guerra na Ucrânia

03.04.22
Que em Irpin os tanques não se rebelassem, que os mísseis não se "arrependessem", é o escândalo do silêncio de Deus, mas também uma falha no humano.   Adaptado de uma passagem de "Queda sem fim" de José B. de Miranda. Escolhi Irpin, mas podia ser Bucha ou Mariupol. Imagem: Ukraine March 28, 2022. REUTERS/Oleksandr Ratushniak. (tem que clicar em continuar a ler para ver a formatação que escolhi para o post)  

O xadrez de Borges não hesitaria e condenaria Putin

25.03.22
"Xadrez   No seu grave recanto, os jogadores Deslocam os peões. O tabuleiro Tem-nos até à alva do altaneiro Âmbito em que se odeiam duas cores.   Dentro irradiam mágicos rigores As formas: torre homérica, ligeiro Cavalo, alta rainha, rei postreiro, Oblíquo bispo e peões agressores.   Quando os jogadores se houveram ido, Quando o tempo os tiver já consumido, Nem por isso terá cessado o rito.   A leste se ateou uma tal guerra Que hoje se propaga a toda a terra. Como o outro, (...)

Mariupol Como Guernica

22.03.22
nesse Horto em chamas, onde bombas ceifam vidas, não há fogo no coração dos homens, que não se cansam de chamar a guerra. (e deu-me para a poesia) Nota: O bombardeio de Guernica ocorreu a 26 de abril de 1937. Aviões alemães reduziram a cinzas a cidade basca. Trezentas pessoas morreram imediatamente e milhares ficaram feridas. Três quartos dos prédios foram arrasados em (...)