Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

espera-se o assumir de culpas e, já agora, a tal de prestação de contas

02.01.14
        Ouvimos, desde a viragem do milénio, o discurso anti-escola pública e anti-professor:   a escola pública entrou em ruptura; os alunos aprendem pouco; as escolas públicas são más ou pioram a cada ano; estamos a ficar para trás nos testes internacionais; as escolas públicas não contribuem para o crescimento económico e começam a colocar em causa a nação; as escolas públicas já não vão lá com meias-medidas; as escolas públicas devem ser fechadas em larga escola (...)

do ponto da situação

21.12.13
        Ouvimos, vezes sem conta e durante mais de uma década, que os resultados não justificavam o investimento na Educação acima dos 6% do PIB. É essa retórica que é definitivamente abalada pelos resultados PISA, como já foi noutros testes internacionais, e como será ainda mais quando se conhecer a percentagem do PIB (já deve estar perto dos 3%) que se investe em Educação associada a outros indicadores: os números do abandono escolar que devem incluir os adultos sem (...)

mais um dia triste para a história da Educação em Portugal

18.12.13
      A profissão de professor em Portugal é a mais devassada do mundo conhecido. Há anos a fio que é assim. Invariavelmente, os média abrem os serviços noticiosos com ignomínias à volta da profissionalidade dos professores. Há mesmo quem se interrogue se este "ódio" à escola pública não representa um qualquer medo com a democracia.   Hoje volta a ser assim com a prova de ingresso para os professores contratados. Tenho estado fora da rede e este regresso deixa-me (...)

da saga de nuno crato

11.12.13
        Nuno Crato, na análise aos recentes resultados PISA, interpreta de um modo que permite concluir: mesmo sem a troika, Crato optaria pelos cortes curriculares, pelo aumento do número de alunos por turma e pela terraplenagem no esforço do sistema escolar nas últimas duas décadas. Refugia-se nos sete ministros do MEC na última década como se isso não advogasse que os progressos (...)

lamentável

15.12.10
    Estes governos do PS conseguiram degradar de tal modo a imagem do estado que são poucos os que acreditam que não manipulam os dados para apresentarem resultados que encham os olhos dos votozinhos. O ensino de adultos foi uma área em que isso me impressionou muito. A boa ideia da certificação e da validação de competências (transformada em novas oportunidades) adquiridas no mundo profissional foi desvirtuada pela propaganda e conseguiu manchar todos os envolvidos. O (...)