Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

Leões e Caçadores

03.02.19
        "Até que os leões inventem as suas próprias histórias,  os caçadores serão sempre os heróis das narrativas de caça."        Provérbio africano.    Mia Couto (2012:6).  A confissão da leoa.  Editorial Caminho.  Versão amostra.

até que inventem

23.07.18
          "Até que os leões inventem as suas próprias histórias,  os caçadores serão sempre os heróis das narrativas de caça."        Provérbio africano.    Mia Couto (2012:6).  A confissão da leoa.  Editorial Caminho.  Versão amostra.  

Do medo que o medo acabe

17.01.15
      Há uns anos, Mia Couto fez, no Estoril, a seguinte declaração:   "Vivemos como cidadãos e como espécie em permanente estado de emergência, como em qualquer outro estado de sítio, as liberdades individuais devem ser contidas, a privacidade pode ser invadida e a racionalidade pode ser suspensa. Todas estas restrições servem para que não sejam feitas perguntas (...)".   Encontrei um vídeo da conferência em que Mia Couto termina com uma frase lapidar: "Há quem (...)

até que

25.08.14
              "Até que os leões inventem as suas próprias histórias, os caçadores serão sempre os heróis das narrativas de caça."   Provérbio africano.             Mia Couto (2012:6). A confissão da leoa. Editorial Caminho. Versão amostra.            

das narrativas

05.08.13
            "Até que os leões inventem as suas próprias histórias, os caçadores serão sempre os heróis das narrativas de caça."   Provérbio africano.         Mia Couto (2012:6). A confissão da leoa. Editorial Caminho. Versão amostra.

mia e o medo

12.10.12
    Primeira edição em 27 de Setembro de 2011 (Reedição por sugestão da Ana Sousa).     Encontrei este post no blogue De Rerum Natura, onde se pode ler a seguinte afirmação de Mia Couto no Estoril:   "Vivemos como cidadãos e como espécie em permanente estado de emergência, como em qualquer outro estado de sítio, as liberdades individuais devem ser (...)

até

25.08.12
        "Até que os leões inventem as suas próprias histórias, os caçadores serão sempre os heróis das narrativas de caça."   Provérbio africano.         Mia Couto (2012:6). A confissão da leoa. Editorial Caminho. Versão amostra.

O May be man

21.10.11
      É um texto de Mia Couto que publico por cortesia da Manuela Silveira.     "Existe o “Yes man”. Todos sabem quem é e o mal que causa. Mas existe o May be man. E poucos sabem quem é. Menos ainda sabem o impacto desta espécie na vida nacional. Apresento aqui essa criatura que todos, no final, reconhecerão como familiar. O May be man vive do “talvez”. Em português, dever-se-ia chamar de “talvezeiro”. Devia tomar decisões. Não toma. Simplesmente, toma (...)

erosão

12.10.11
      Sempre que volto ao Quino registo a intemporalidade dos seus desenhos. Olho para a imagem e vejo a Mafalda a sair de uma caixa de Pandora para nos interrogar sobre o que andamos a fazer à vida e ao futuro.   Há um desenho da série "Humor com humor se paga" em que a honra, a confiança, o prestígio e a honestidade estão numa viagem com poucas possibilidades de (...)