Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

da mediatização dos rankings

18.12.16
      A mediatização dos rankings obedece ao desígnio da produtividade. Mas sublinha-se que os resultados escolares reflectem-se a longo prazo e são de génese diferente da produção de parafusos; o que faz toda a diferença no impaciente universo dos números. Não encontramos rankings, sequer semelhantes, no mundo conhecido. Mas isso nem será relevante, porque o olhar obsessivo, mais ainda o menorizado, para as outras experiências impede a valorização das próprias. A (...)

da blogosfera - a educação do meu umbigo

29.12.14
        Estava na gaveta   "(...)Para além disso, a anunciada iniciativa de municipalizar a gestão das escolas vai conduzir, de forma inevitável, a um maior grau de homogeneização e indiferenciação dos referidos projectos, acabando com qualquer possibilidade de verdadeira liberdade de escolha por parte das populações. A autonomia das escolas (...)

a autonomia, sempre a autonomia

09.03.14
      A autonomia (organizacional e curricular, digamos assim) das escolas é a expressão mais repetida nas últimas décadas; a insistência é proporcional à quase inexistência. O mau centralismo do MEC está como nunca. Não há actor do sistema, desde de quem governa à oposição e passando até pelos liberais da "escolha da escola", que não defenda a autonomia como imperativo.   Ainda ontem o "Novo rumo" do PS repetiu o substantivo (...)

da educação e da liberdade de escolha - um ensaio fundamental

05.03.14
              O ensaio de Paulo Guinote, "Educação e liberdade de escolha", editado pela FFMS, é fundamental para quem se interessa pelo assunto. Como o autor escreve, o ensaio não se resume a uma colecção de textos do blogue. É evidente que os leitores do "A Educação do meu umbigo" não estranharão os argumentos, mas a obra organiza e sistematiza a questão de um modo claro e distanciado sem, contudo, deixar de tomar uma posição fundamentada.   A introdução (Liberdad (...)

a escola e a liberdade de escolha

04.06.13
        Boa parte dos liberais que defendem a liberdade de escolha da escola fazem-no convencidos que é um contributo decisivo para a igualdade de oportunidades e para existência de projectos educativos diferenciados de ordem confessional, por exemplo. Os principais argumentos são conhecidos: a escolha da escola é um indicador de liberdade, aumenta a competitividade entre escolas em benefício dos alunos e permite aos mais desfavorecidos a escolha de escolas melhores e mais (...)

mas que grande chatice

09.11.12
          Se alguém defender que a miscigenação e a democracia são sinais de progresso e que o mesmo se deve aplicar ao sistema escolar, é imediatamente "engavetado" como radical livre e perigoso. Então se disser que a escolha da escola acentua a segregação social e favorece o abandono escolar (mais ainda numa sociedade fraca como a nossa e marcada pelas desigualdades) passa para a gaveta dos corporativos e dos culpados pelas tempestades e furacões.   Há tempos (...)

repetindo

02.09.12
        1ª edição em 29 de Novembro de 2011 A actual mediatização da rede escolar obedece ao desígnio da produtividade. Há um detalhe que não se deve desprezar: os resultados escolares reflectem-se a longo prazo e são de génese diferente da produção de parafusos; o que faz toda a diferença no impaciente e voraz inferno dos números.   O desnorte não é (...)