Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

A Isabel reformou-se

04.02.17
    Nos últimos anos, as aposentações de professores mudaram de significado: passaram do júbilo à fuga, com excepções como em todas as regras. Ontem assisti à homenagem institucional à minha amiga Isabel Maria Sousa e Silva. Foi um júbilo em modo de fuga. Costumava brincar com ela por causa dos sucessivos adiamentos da idade para a reforma que a apanhavam sempre "à beira de". O mais significativo está no seu testemunho no facebook (a foto veio do mesmo sítio): "

eduardo prado coelho (reedição)

29.01.14
  Tive o privilégio de passar um bom bocado da tarde na praia da Foz do Arelho. Mais um dia limpo neste Outubro cheio de sol, embora um bocado ventoso: a forte corrente de ar convidou-me a reduzir para metade a caminhada junto ao mar e empurrou-me para uma das esplanadas. Tinha comigo o livro de Hannah Arendt "Entre o passado e o futuro, oito exercícios sobre o pensamento político" e o jornal (...)

in memoriam

13.01.11
    Manda-me o dever da memória resgatar a merecida homenagem ao capitão de Abril Vitor Alves, cuja morte, ocorrida poucas horas antes das de um cronista cor-de-rosa, foi eclipsada por esta do espaço mediático. De novo, parece que é mais fácil vender a alma por um prato de lentilhas que, após consumidas, vão desaguar na cloaca do esquecimento, do que dirigir o olhar para aqueles que se afirmaram no palco da nossa história recente como figuras exemplares de nobreza, de (...)

homenagem

03.02.10
              Uma consequência dos tempos devastadores que se viveram nos últimos anos na Educação, e por paradoxal que pareça, foi a imensa alegria com que os professores recebiam o seu papel da reforma. Foi tal a vontade de fugir, mesmo com penalização, que as justas homenagens ficaram "esquecidas".         Na primeira metade da década de noventa estive muito ligado ao (...)