Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

A Falta de Professores Não É Só Por Cá

01.08.20
A falta de professores é uma realidade que se agravará porque nada se fez atempadamente para atenuar o grave problema; aliás, há anos a fio que se degrada a profissão e que se percebe que os jovens do secundário não escolhem ser professor. A revista do Expresso tem uma pequena peça sobre a possibilidade de Portugal adoptar um programa de reformas antecipadas. Na página 8, faz o seguinte e breve retrato de alguns países europeus (a proletarizaçáo dos professores não (...)

Da Trágica Falta de Professores

08.02.20
  Destaca o Expresso: "Envelhecimento ameaça deixar escolas sem docentes". Há cerca de uma década que se percebeu que isto ia acontecer, mas os avisadores foram rotulados de alarmistas. Pois bem: o grave problema passou de conjuntural (mais de metade dos professores, 52.000 são cerca de 60% dos que existem, reformar-se-á até 2030) a estrutural. A notícia também destaca o silêncio do Ministério da Educação. Aliás, é um antigo e ensurdecedor silêncio em relação ao (...)

Da Falta de Professores

15.01.20
Prossegue a espécie de precarização mais ou menos acelerada enquanto na estratosfera se debitam irrealidades escolares; e não adianta argumentar que os professores estão cansados para mudanças, quando as alterações propostas são mais antigas que a data de entrada na carreira dos professores com mais anos de ensino (sei que não é moderno falar de ensino): "Professores de Inglês a dar aulas de Português e os de História a dar Geografia: falta de docentes leva Ministério a medidas urgentes", (...)

Escolas com Três Dias Úteis por Semana

09.11.19
  Num qualquer auge das políticas escolares, que faliram em toda a linha, de desestatização associadas à desconfiança nos professores através do inferno de instrumentos burocráticos (e com testes padronizados que despediam ou premiavam os professores pelos resultados dos alunos e que levaram à falta de professores, até dos "mais vocacionados"), houve um estado dos EUA que "racionalizou" a despesa com a abertura das escolas apenas três dias úteis por semana. Dá ideia que (...)

Afinal, Não Faltam Professores

O que existe, diz o ME, tem a mesma dimensão dos anos anteriores

18.10.19
  De acordo com uma nota informativa do Ministério da Educação, não há qualquer falta de professores. O que existe, diz o ME, tem a mesma dimensão dos anos anteriores (em que já faltavam professores; afinal, e provavelmente, também não). Ou seja, a situação só se agravou nos concelhos mais atingidos pela subida dos preços no aluguer de casas ou quartos associada aos horários incompletos que são colocados a concurso e que originam salários ainda mais baixos. Tudo o (...)

A Falta de Professores 10 Anos Depois

29.06.19
  Não sei se terá paciência para ler. Mas atrevo-me a dizer que é um texto que antecipou com fundamento a falta de professores.  Escolas sem oxigénio.  Texto publicado em 11 de Fevereiro de 2008. Estive presente numa reunião de professores, realizada numa das escolas das Caldas da Rainha, para escutar um movimento que nasceu na blogosfera e que se destina a manifestar a mais veemente discordância com o regime que se prevê que venha a organizar a avaliação dos professores (...)