Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

Palavras Cruzadas do Expresso?

17.07.19
    Tanta indignação com a pessoa que fez as palavras cruzadas do Expresso; só falta uma petição. É mais um sinal da ampliação de fenómenos que dois dias depois passam ao esquecimento. É que nem é preciso sair do ambiente educativo para encontrar silêncios à volta de indignidades mais significativas sobre os professores. Por exemplo, recomeçam amanhã vigilâncias de exames que chegam a quatro horas com as seguintes regras: sem sentar, sem consumir alimentos, sem ler e, (...)

Do Regresso a 2008

12.07.19
    Melhorou a percepção em relação à situação económica e financeira e há especialistas a concluir que os indicadores determinantes já estão ao nível de 2008. É cedo para consolidar expectativas, mas é tempo de insistir em cenários que incluam pessoas uma vez que se comprovou o efeito positivo (anulado, em parte, pelos impostos indirectos) de contrariar a austeridade a eito. Aliás, a reposição de salários foi a excepção do Governo na exclusão dos professores por (...)

"O Verão do Nosso Descontentamento"

28.06.19
  Email de Mário Silva devidamente identificado. Diz assim: "Depois de lida toda a legislação e documentos de esclarecimento enviados pela tutela ministerial, conclui-se que foi gerado um emaranhado de situações que promove a iniquidade dentro da mesma classe profissional. Há 2 grupos de docentes que têm beneficio com a recuperação do tempo de serviço: os que estão entre 1º-3º escalões e 7º-10º escalões. Em ambos os casos, podem subir rapidamente de escalão (em (...)

"Nuvem Humana"?

19.06.19
  "Podemos chegar a um futuro em que uma parte da força de trabalho desenvolverá diferentes tarefas para assegurar o seu rendimento - pode-se ser um motorista da Uber, um shopper do Instacart, um anfitrião do Airbnb e um Taskrabbit", Klaus Schwab (2017:46), "A Quarta Revolução Industrial".  Ou seja, é pertinente a interrogação (bem fundamentada) que coloca os professores contratados neste nível de precariedade. Aliás, o facto da profissão de professor não aparecer nos (...)

A Falta de Professores e o Estado do Século XXI

06.06.19
    Texto de 13 de Outubro de 2018.   Já faltam professores. Quando o inverno se impuser, e o cansaço se acumular, haverá falta de candidatos às substituições. Era previsível. Foi mais de uma década a descer. Sejamos claros: somos um país pobre (em grande parte por causa da "surpreendente dimensão" da corrupção - palavras da ex-PGR -, da "incomodidade" com a transparência e da desorganização), com baixos salários e com empregos pouco atractivos. Os jovens não têm (...)

Do Medo

03.06.19
  Se um político afirmar que a primazia da avaliação do desempenho leva o medo às empresas, a maioria das pessoas sorrirá com a "manifestação de fraqueza" e os comentadores mainstream colocarão a "impossibilidade quantitativa" como uma inevitabilidade competitiva da pós-modernidade.  A avaliação quantitativa escolar é uma exigência educativa que intervém na formação da personalidade; o aluno é o outro e tem, naturalmente, uma reduzida possibilidade de contestação. O faz-de-cont (...)

Retroactivos na TSF

02.06.19
  Ouvi, há pouco na TSF, um debate entre deputados. Um voz feminina, representando o Governo, foi taxativa na acusação de populismo mal sucedido na derrota eleitoral do PSD. E qual foi a causa? Professores. Na sua opinião, foi inadmissível que o PSD assinasse na especialidade o pagamento "de todos os retroactivos dos professores". O que é inadmissível, é uma deputada da nação desinformar.

Fórmulas

26.05.19
  Em qualquer fórmula governativa, a recuperação de todo o tempo de serviço dos professores nesta legislatura teria o mesmo destino. A direita evocaria uma impossibilidade financeira e a esquerda uma possibilidade inatingível. A realpolitik ditou: o objectivo da esquerda é impedir a fuga de votos, como ficou claro na assinatura parlamentar de Outubro de 2017 (em que PS, PCP e BE, - e claro Verdes, PAN, PSD E CDS -, e depois em acordo com os sindicatos, acordaram uma recuperação (...)