Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

dos modismos e do perfil do aluno

20.07.18
    Fui parar a uma entrevista de Agosto de 2016 de quem coordenou o perfil do aluno no final do 12º ano. Lembrei-me deste post. Começa assim:   A febre reformista no sistema escolar em Portugal não é nova: é mesmo imparável. O que é engraçado, e com o passar do tempo, é que vemos recuperar ideias antigas como se de grandes novidades se tratassem. Parece um (...)

do debate de ontem à noite

13.09.17
       Foto de António Curado   recolhida no facebook. Este post é de 30 de Maio de 2013. Está de parabéns a comissão de representantes do "Movimento em Defesa da Escola Pública no Oeste". Se dúvidas havia, ficou claro que a não construção da escola pública, em 2005 e na zona da cidade das Caldas da Rainha onde se edificou um colégio da cooperativa GPS, se deveu a um (...)

Do perfil do aluno e dos modismos

14.08.16
    Li uma entrevista, dada com desassombro, de quem vai coordenar o perfil do aluno no final do 12º ano. Lembrei-me deste post. Começa assim:   A febre reformista no sistema escolar em Portugal não é nova: é mesmo imparável. O que é engraçado, e com o passar do tempo, é que vemos recuperar ideias antigas como se de grandes novidades se tratassem. Parece um (...)

Sintaxe e semântica

27.04.16
     O texto de John Searle que se encontra no livro "Mente, Cérebro e Ciência" pode ajudar a explicar o desinvestimento (que também se expressa nas inutilidades que o poder central exporta incessantemente) na escola pública em Portugal. Fica-se com a ideia que os sucessivos governantes não conhecem a semântica que envolve as escolas portuguesas: ficam, quando muito, (...)

sintaxe e semântica

26.12.15
            O texto de John Searle que pode ler mais abaixo, e que se encontra no livro "Mente, Cérebro e Ciência", ajuda a explicar o desinvestimento (que também se expressa nas inutilidades que o poder central exporta incessantemente) na escola pública em Portugal. Fica-se com a certeza que os sucessivos "habitantes" do MEC não conhecem a (...)

administrar?

03.10.15
      Há duas ideias a ter em conta nos picos de contestação: o aforismo de Wittgenstein que diz que "as relações humanas seriam muito diferentes se fosse transparente a relação entre dor e linguagem, se sentíssemos a dor do outro ao ouvi-lo enunciando a palavra" e a certeza de Rainer Maria Rilke de que, em qualquer circunstância e por mais rodeados de pessoas que estejamos, "estamos irremediavelmente sós". Os professores não escapam à devastação a que têm sido (...)

uma vergonha (não me sai outro título)

27.04.15
      Em 4 de Novembro de 2013 escrevia assim (o título do post é desse dia):   A excelente reportagem, "Verdade inconveniente", conduzida pela jornalista Ana Leal da TVI é uma valente defesa de um valor primeiro das democracias: a escola pública.   Sabemos há muito a vergonha que se estabeleceu com os negócios da Educação, mas visto assim, de enfiada e em cerca de meia-hora, deixa-nos com uma mistura de tristeza e de raiva.   Será possível que, depois de mais este (...)

ganhos de eficiência?

14.04.14
    Com os cortes a eito registados no sistema escolar é natural que as consequências negativas se evidenciem. É no mínimo sei lá o quê que David Justino veja ganhos de eficiência no que se está a passar, o que pode dar razão aos que defendem que há muito de ideológico nos cortes e que o peso político dos actores mainstream da Educação é nulo ou de soma negativa.  Santana Castilho é obvio e taxativo: "com a atual sangria de meios e recursos, tudo andará para trás".  Pod (...)