Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

mais uns milhares de professores inconstitucionais

01.09.13
          Se uma pessoa trabalhou 10 a 15 anos consecutivos para uma qualquer organização e se amanhã tem que se dirigir a um centro de emprego porque ficou sem vínculo laboral, é porque foi despedida. Ponto final. Se esse gesto for repetido por milhares de pessoas da mesma condição profissional, é um despedimento colectivo e novo ponto final.    Foi exactamente isso que aconteceu nos últimos três anos aos professores e que se repete amanhã. Os cortes a eito, mais alunos (...)

alguma memória

31.07.13
        Se o entendimento, entre o Governo e a plataforma de sindicatos, cortou a espinha dorsal da luta dos professores em 2008, o acordo assinado em 2010 colocou a Fenprof numa situação vulnerável em relação às críticas de quem a considerou uma espécie de secretaria de estado dos governos de José Sócrates.   Como logo se percebeu, a tradicional FNE faz o papel de SE junto do actual Governo. É a prática sindical que não faz falta à democracia e que (...)

os escolhidos do costume

15.03.13
            Parece que o ministro Gaspar está a anunciar o acordado com a troika e a comunicação social confirma o que ontem começou a circular: os professores portugueses são os escolhidos e ponto final. Serão mais 10 mil a juntar ao despedimento colectivo de 10 mil professores no último verão e aos milhares que têm sido empurrados para a reforma com penalizações humilhantes.   Nuno Crato, o sub-secretário das finanças, demitir-se-á, pois afirmou que tal nunca (...)