Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

A Reprovação como Distracção

17.11.19
  Uma população mais escolarizada e menos pobre vai reduzindo, naturalmente, o insucesso e abandono escolares. É também o caso português. Contudo, e infelizmente, ainda registamos quase 35% dos alunos a necessitarem de 10 ou 11 anos para concluírem os 9 primeiros anos de escolaridade (nada de incomum na regulação dos sistemas massificados; e sublinhe-se o paralelismo com a Bélgica, o Luxemburgo ou a Espanha), apesar de se reconhecer à escola portuguesa, a primeira da Europa no "faz- (...)

"a culpa é dos currículos ou dos professores?", pergunta o Público

06.12.17
        Ainda recentemente, dirigentes partidários e sindicais usaram os bons resultados internacionais dos alunos para defenderem as causas dos professores. E agora? Como é que fazem nos maus resultados? Os professores não precisam de entrar no argumentário demagógico que descredibiliza a política. Conhecem muito bem as percentagens comprovadas do sucesso escolar - não vou repetir em detalhe -: 60% para a sociedade (por defeito, para não eliminar o contraditório), 30% para a (...)

Lá regressa o futebol

22.11.17
        Faço diariamente viagens curtas (5 minutos) de automóvel com a companhia das Antenas 1 e 2 e da TSF. Exceptuando a Antena 2, o ambiente é de polémica mediática. No início do mês, a exclusão dos professores no relógio do descongelamento das carreiras silenciava consciências distraídas. A imposição da presença do Governo na mesa negocial, convocou a turba do arremesso ao professor. Como regressa o campeonato de futebol, e pelo que percebi com uma greve de (...)

do futebol total

03.08.17
            E o fenómeno tornou-se mesmo tão grotesco, que os canais por cabo das televisões generalistas não escapam a esse nivelamento competindo com os canais desportivos. Já nem se trata dos dias dos grandes jogos. É uma febre diária que transforma um jogo de treino num acontecimento do outro mundo. A RTP2 tem sobrevivido, apesar das tentativas do poder político mais neoliberal, e está com uma programação interessante.

Querem ver...

18.07.17
      Querem ver que em Tancos prevaleciam os impossíveis inventários analógicos que, na escassez de meios humanos, nem as munições consumidas em instrução absorviam? E querem ver que isso ajeitava a prática antiga do suplemento salarial à custa de desvios? E querem ver que os paióis albergavam material obsoleto? E querem ver que a sofreguidão da democracia mediatizada associou-se ao "on bullshit" em mais um caso para a espuma dos dias? E não deixa de ser risível que um comentador-ti (...)

a auto-estima, quinze anos depois

10.03.17
      Estas epifanias são cíclicas e podemos esperar como a proposta do Francis Bacon: sentados. Lembro-me de um pico semelhante em 2004 que foi o ano em que comecei o blogue. Receei que não tivesse registado o momento, mas não. Em 27 de Maio de 2004 escrevi assim e os resultados são conhecidos no presente (é muito interessante a plêiade de especialistas): "Não foi fácil. Só ao terceiro encontrei a auto-estima. Passei pelo que estava mais à mão, o da Porto Editora, um só (...)