Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Não há qualquer problema com os concursos de professores centralizados por lista graduada

09.11.22
  Há, e há muito, meios e conhecimento para que os concursos de professores centralizados por lista graduada sejam um não-assunto. Note-se que somos um país de pequena dimensão e com 10 milhões de habitantes: digamos que somos uma "região" que merece um único quadro de divisão administrativa que inclua todos os sectores. O que não há é vontade política que assim seja. O andar com a casa às costas, deve-se, muitas vezes, ao facto elementar de para uma vaga existirem (...)

É, objectivamente, mais um grau na descida para lá do zero

08.11.22
É preciso um forte descolamento da realidade para não se perceber que o actual modelo de gestão das escolas está desacreditado e ligado à máquina. Para além disso, há, e há muito, meios e conhecimento para que os concursos de professores sejam um não-assunto que beneficia por ser centralizado. Portanto, é impensado o que se propõe em tempos de fortes receios com a municipalização em curso: "Ministério propõe contratação por conselho local de diretores (...)

A Democracia e o Debate Sobre os Concursos de Professores

03.10.22
Bem sei que é uma frase mil vezes repetida, mas o debate sobre os concursos de professores recorda-me Winston Churchill: "a democracia é o pior dos regimes, à excepção de todos os outros". Ou seja, a colocação de professores por lista graduada é o pior dos modelos à excepção de todos os outros. Mas o que mais me surpreende é a memória tão curta. A contratação pelas escolas, recuperada durante a "troika" (a desastrosa BCE), foi abandonada, e muito bem, em 2016. Ficou (...)

Da fórmula que consiga o milagre da multiplicação dos professores

24.09.22
Foi em 2003 que os concursos de professores iniciaram o movimento descendente. O rol de injustiças (inúmeras já irreparáveis) foi crescendo e lançou os procedimentos num labirinto. Entre tanta justificação mainstream, a avaliação do mérito dos professores destacou-se. O sistema integrado de avaliação do desempenho da administração pública nasceu para resolver de vez, diziam os mentores, esse tipo de "lacuna". O SIADAP adaptado ao ensino (2006) reuniu uma linguagem sedutora (...)

Os Professores e o Clima dos Concursos

26.05.21
Na abertura da cimeira do clima em 2019, António Guterres garantiu "que ciência e técnica necessárias já existem, só falta a vontade". É, salvo as devidas proporções, o que se passa com o clima dos concursos de professores em Portugal: há muito que existem meios técnicos para que os concursos por lista graduada sejam um não assunto de exemplares transparência e eficiência. Só falta a vontade política e, demasiadas vezes, um conhecimento aprofundado do assunto. Com a (...)

Do Regresso da Saga da Mobilidade Interna

11.08.20
Como é possível que regresse a saga injusta ao concurso de mobilidade interna? Em 2021, só serão disponibilizados horários completos para esse concurso. E não adianta justificar com as decisões judiciais. Só será assim se o ME quiser e só agrava a situação de imobilidade na humanização dos concursos de professores e na sua relação com os denominados "horários zero". Os sindicatos declaram que os professores mais graduados podem ser prejudicados e têm razão. Para além (...)