Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

Kafka contra Kafka: usar a avaliação de desempenho como argumento no processo de horário zero

20.08.14
      Um horário zero é uma indignidade. É um processo kafkiano que se instala na profissionalidade e que magoará a mais forte das pessoas. Mas mais: o horário zero é uma desnecessidade financeira (o desinvestimento tem tido reduções financeiras anuais equivalentes a um assessor ministerial com carreira aparelhística no centrão) e só existe por preguiça, e quiçá impreparação, dos decisores centrais. É um exemplo do ultraliberalismo que envia as pessoas para o (...)

29 milhões como pano de um fundo esquisito

09.11.12
        Somando nos orçamentos de 2012 e de 2013, o MEC inscreve cerca de 29 milhões de euros para estudos e pareceres. Considerando os brutais cortes em curso, é uma decisão que nos deixa perplexos. Onde está a retórica implosiva de Nuno Crato?   Percebe-se que boa parte desse despesismo está a ser consumido nas "alterações" no ensino profissional e num apressado relatório que tentará contrariar o último do tribunal de contas.   Nuno Crato

expliquem-se

28.11.11
    Passos Coelho e Miguel Relvas têm-se desdobrado nas criticas ao estado social. Contrariam as teses, até do prémio nobel Joseph Stiglitz, que advogam que os cortes nos salários são erros económicos graves. Para Stiglitz, os cortes salariais desta dimensão acentuam a recessão e o processo pode entrar no (...)