Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

do caso do presidente do INEM

14.12.16
      As notícias sobre casos de corrupção são diárias. Há casos que chocam mais. É o caso do INEM e da corrupção através da comercialização de produtos sanguíneos. Há instituições que pareciam a salvo da selvajaria. Imagino o estado de alma das pessoas que dão tanto de si ao INEM. Parece que a teia chegava à informática, mas o mote inicial arrepia. É muita falta de tudo, realmente.

berço

26.10.15
          Quando percebi que o actual MEC pensa em criar duas vias no final do 4º ano de escolaridade, para crianças com 10 anos idade, li-a como um requiem à esperança e um sério retrocesso civilizacional. Sabemos, e não ignoramos, a crise que atravessamos. Mas se associarmos este sinal ao que se tem passado com a estrutura curricular e com uma série de variáveis da (...)

uma vergonha (não me sai outro título)

27.04.15
      Em 4 de Novembro de 2013 escrevia assim (o título do post é desse dia):   A excelente reportagem, "Verdade inconveniente", conduzida pela jornalista Ana Leal da TVI é uma valente defesa de um valor primeiro das democracias: a escola pública.   Sabemos há muito a vergonha que se estabeleceu com os negócios da Educação, mas visto assim, de enfiada e em cerca de meia-hora, deixa-nos com uma mistura de tristeza e de raiva.   Será possível que, depois de mais (...)

"Vê lá que a filha da minha empregada senta-se ao meu lado na faculdade"

01.11.14
    "Vê lá que a filha da minha empregada senta-se ao meu lado na faculdade", é um espanto misturado com indignação que pode ser escutado aos filhos da geração ainda adolescente no 25 de Abril e nas que se seguiram.   E nesse grupo encontramos, para além dos óbvios e imutáveis conservadores, MRPP´s, esquerdas minoritárias diversas, socialistas e sociais-democratas de vias avançadas e até os freaks da altura.   Não direi que é uma desilusão, pois para isso (...)

uma espécie de estado de sítio

18.07.13
        A rede escolar das Caldas da Rainha, e a exemplo de outros concelhos do país, está num estado de sítio que nos devia envergonhar como país. As ideias de negócio na Educação, lógica de mercado, privatização de lucros no universo escolar, "liberdade" de escolha da escola e rankings escolares com base em resultados de exames numa sociedade imatura, ausente e viciada no faz de conta, fizeram estalar os vernizes quando os cortes a eito provocaram a vaga impressionante de (...)