Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

nem quero acreditar

18.04.16
      Nem quero acreditar que a ideia do Despacho Normativo n.º 1-H/2016, quando refere “(...)a permanência destes alunos na turma em pelo menos 60% do tempo curricular(...)”, é "forçar" a inclusão. Ou seja: o legislador acha que os alunos, com educação especial, que frequentam as turmas regulares em menos de 60% do tempo o fazem porque a organização os exclui? Se (...)

Há uma direita irada com Sampaio da Nóvoa

02.05.15
        Já li algumas coisas sobre a desnivelada opinião de Pulido Valente, ontem no Público, a propósito da candidatura de Sampaio da Nóvoa. Jorge Luis Borges incluiria o pedaço da ira na História Universal da Infâmia, mas seria apenas por inspiração: a redacção seria, naturalmente, de outra qualidade. Mas reparem na foto da edição impressa (está fiel ao original, talvez até melhor): os editores do jornal encontrariam coisa melhor em meia-dúzia de segundos, mas a (...)

e a culpa não é do MEC

19.03.15
      "O professor faz uma visita de estudo, ou uma saída do desporto escolar, com os seus alunos e tem de apresentar um papel com o carimbo do destinatário para comprovar a realização da acção". O que escrevi acontece em escolas públicas portuguesas e sou franco que nem queria acreditar. Este clima de desconfiança é fatal e devia ser proibido por lei.

de vexame em vexame

15.11.13
        Pesei bem o título e podia usar os substantivos do costume como humilhação e vergonha.   Como se tinha previsto, a já longa alienação vigente vexa diariamente os professores. Desta vez é a prova de avaliação para os professores contratados.   São os telejornais que abrem com o assunto ou os jornais diários que incluem o tema em primeira página e ainda estamos nos primeiros episódios do desmiolo. Um enjoo difícil de suportar.   Por outro lado, nas (...)