Em busca do pensamento livre.

Domingo, 06.05.18

 

 

 

Blackrock: A empresa que está a mudar o capitalismo

 

"Depois da crise de 2008, uma empresa norte-americana quase desconhecida cresceu até dominar a economia mundial. Chama-se BlackRock e foi criada em 1988 por Larry Fink. É hoje um centro de poder global que controla os principais bancos e indústrias e aconselha os governos e os líderes mais poderosos. O seu enorme crescimento põe em risco uma das ideias básicas da economia moderna: a concorrência.(...)"



publicado por paulo prudêncio às 20:16 | link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Segunda-feira, 15.12.14

 

 

 

 

O ensino, como um espaço de liberdade a preservar a todo o custo por questões democráticas e civilizacionais, levou um abalo considerável no que levamos de milénio. Os promotores do ultraliberalismo dominante nem sempre tiveram consciência, a exemplo doutros momentos da história, do lado do muro que ocupavam. Aplica-se ao ensino o que Robert Linhart (1978), "Lês Archipels du Capital", registou nos factores de produção: 

 

"o capital já não é um factor de produção é a produção que é um simples factor do capital."

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 21:26 | link do post | comentar | partilhar

Quarta-feira, 02.11.11

 

 

 

 

 

Mesmo considerando que vivemos em crise financeira, só há duas hipóteses para o frenesi governativo de impor empobrecimento para além da Troika: excesso ideológico ou o propósito maquiavélico de fazer todo-o-mal no início a pensar nas eleições de 2014. Até no sistema escolar o princípio se aplicou. Dos 200 milhões de euros de cortes acordados para 2011, Crato, o bom aluno, apresenta um diktak de 600 milhões.



publicado por paulo prudêncio às 16:46 | link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Terça-feira, 01.11.11

 

 

Foi-nos sempre dito que a dívida soberana não era alvo do risco especulativo do capitalismo selvagem. Mentiam. Na dívida soberana estavam, entre outros valores, o capital das pensões, os planos de poupança para as reformas, os depósitos a prazo em registos "conservadores", os salários da função pública e por aí fora. Agora, se o caos se instalar nem isso estará a salvo. Quando muito, e numa visão mais optimista, sobreviverá uma pequena fatia. Onde estará a parte maior?



publicado por paulo prudêncio às 22:20 | link do post | comentar | ver comentários (4) | partilhar

Domingo, 09.10.11

 

 

Desenho do Quino.

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 12:38 | link do post | comentar | partilhar


Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
arquivo
comentários recentes
Até pode ser uma explicação: anos a fio na "selva"...
Até pode ser uma explicação: anos a fio na "selva"...
Uma descida grave.
Também de Singapura vêm outras boas iniciativas:ht...
Também aqui se realça Singapura por boas razões:ht...
tempos que têm os ingredientes para os 'trumps'/'b...
Não conhecia essa situação.
subscrever feeds
mais sobre mim
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
ligações
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
tags

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

bartoon

blogues

campanhas eleitorais

cartoon

circunstâncias pessoais

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

desenhos

direitos

economia

educação

escolas em luta

estatuto da carreira

falta de pachorra

filosofia

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

luís afonso

movimentos independentes

música

paulo guinote

política

política educativa

professores contratados

público-privado

queda de crato

rede escolar

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

posts mais comentados
4 comentários
1 comentário
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676