Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

a ubiquidade do burnout - um desenho com um sinal de esperança

03.03.16
      Quem nunca esteve num conselho de turma do ensino não superior, não sabe decidir a nível macro sobre as variáveis informacionais que produzem conhecimento que apoie a tomada de decisões. Nem sei se parece, mas esta evidência é determinante e ocorre há anos a fio.   No mesmo domínio, e aos níveis meso e micro, esse deconhecimento é causador de entropia pela incapacidade de relacionar as variáveis referidas com a operacionalização dos sistemas de informação.   (...)

a crueldade administrativa instalou-se nos concursos de professores

09.11.15
      Os concursos de bolsa de contratação de escola (BCE), são, de longe, os mais incivilizados de toda a Europa (afirmo-o sem qualquer dúvida) e obrigam milhares de candidatos a "tropeçarem" em editais tresloucados associados a inépcias administrativas.     Quem se informar sobre o histórico dos concursos de professores concluirá que estamos num retrocesso que supera em crueldade os infernos administrativos dos finais da década de setenta do século passado. É (...)

colocações duplicadas para começar

02.09.15
      Já tenho conhecimento de colocações duplicadas logo no primeiro dia. Assistamos ao desenvolvimento do inferno concursal; claro, que é um inferno para quem concorre, já que para Nuno Crato é a normalidade. Aliás, já acusou os avisadores de campanha eleitoral. Não há mesmo um pingo de vergonha, que raio. Cá para mim mudem as eleições para Novembro ou iniciem as aulas em Dezembro.

do estado do MEC

15.10.14
        Encontrei aqui uma descrição do estado do MEC que é muito próxima do real e que não é só de agora:   "Falta de planificação atempada. Falta de critérios. Muita falta de trabalho. Para que o Sr. Ministro faça desfiles na televisão há funcionários a trabalhar até às 24 horas nas direções gerais e de serviços a ligar e a aconselhar diretores em (...)

de incredulidade em incredulidade

06.10.14
    Até posso aceitar a credulidade, das pessoas que têm passado pelo MEC, em acabar com concursos pelas listas graduadas. A crença está aquém da competência. Foi assim com o concurso de titulares inventado por Lurdes Rodrigues e é agora com a Bolsa de Contratação de Escola e congéneres. E não se ilibem de responsabilidades muitos dos decisores escolares.   A causa é simples e comum aos dois processos: inexistência de objectividade e muitas vezes de certificação (...)