Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

Das Revoluções (das escolares também)

28.07.19
  Sociólogos da educação desenharam, na primeira década do milénio, uma revolução nas escolas portuguesas inspirada numa estrutura vertical ao jeito da organização militar. A aplicação dessas teses noutras organizações do mundo do trabalho provocou convulsões inimagináveis que resultaram em precariedade e burnout e noutros fenómenos sociais, e até psiquiátricos, graves. Está documentado. Mas os revolucionários escolares teimam em não assumir o desaire. É estranho; (...)

Os Imutáveis

27.07.19
  Nem os estudos associados ao confronto com a realidade demovem a terceira via que chefiou a educação nos governos de Sócrates. Essa Nova Política de Gestão Pública datou-se com um péssimo lastro histórico. Os seus efeitos ainda geram uma eclosão enevoada porque os destinatários estão exauridos de tanta canseira ("(...)Apenas a fachada está intacta e já não há estrutura. É esta a imagem usada para explicar alguém que se encontra em 'burnout'. Alguém que está para além de exausto, que já deu mais do que podia dar, embora por fora se mostre intocável. “Tal como o nome indica, burnout é estar todo queimado por dentro”, explica em entrevista ao Expresso Nídia Zózimo, médica e coordenadora do Gabinete Nacional de Apoio ao Médico(...)") (...)

É isso e a Pobreza!

21.07.19
    É inútil discutir a oscilação anual de décimas nos resultados dos alunos. E é pena que as entidades institucionais não dêem o exemplo e que os Governos não invistam num exercício que qualifique o debate. Têm o antigo SPSS, da IBM, que faz (o "Stepwise Regression" é amigável e intuitivo) regressões lineares múltiplas a partir da escolha de variáveis independentes e dependentes. Para além de permitir conclusões sustentadas, o programa torna insustentáveis "refo (...)

À volta da Morte de 3 Professores

19.07.19
  É muito triste este processo mediático à volta da morte de três professores. Para além de tudo, e sem necessidade de qualquer especulação ou manipulação, há estudos, e conhecimento do real, mais do que suficientes para que a prevenção do burnout obedeça à decência mínima. Mas isso passa pela democracia escolar em três dimensões: confiança nos professores, ambiente organizacional desburocratizado e atmosfera profissional civilizada. E não é de agora. Há mais de (...)

Começar Cedo

23.06.19
      Quadros de mérito ou de valor aos 10 anos?! Começar cedo, como se de um adulto em miniatura se tratasse, a competir desportivamente ou a ser alvo de honrarias e louvores no ambiente escolar, eram políticas "inócuas" nos anos 50 e 60 do século passado. Era uma espécie de "inocente" preparação para a "selva dos adultos", associada, de forma consciente ou não, a uma carga ideológica classista e exclusiva. Actualmente, são decisões inaceitáveis no domínio das (...)

Começar Cedo (1ª Versão)

20.06.19
  Quadros de mérito ou de valor aos 10 anos?! Começar cedo, como se de um adulto em miniatura se tratasse, a competir desportivamente ou a ser alvo de honrarias e louvores no ambiente escolar, eram políticas "inócuas" nos anos 50 e 60 do século passado. Era uma espécie de "inocente" preparação para a "selva dos adultos", associada, de forma consciente ou não, a uma carga ideológica classista e exclusiva. Actualmente, são decisões inaceitáveis no domínio das políticas de (...)

Entropia e Avaliação por Semestres

16.06.19
  Basta acompanhar a discussão sobre a possibilidade de mudar a avaliação dos alunos de três períodos para dois semestres, para se concluir do estado entrópico do sistema escolar. É uma espécie de buraco negro que absorve qualquer ideia pedagógica (sucesso, interdisciplinaridade, provas finais ou de aferição, currículos, inclusão, constituição de turmas e de horários e por aí fora). A entropia na gestão e administração do sistema, por excessos originados na (...)