Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

Angariar para Suportar Greves

14.02.19
    Há muito que os professores organizam fundos de greve. Fazem uma quotização entre si e suportam os cortes financeiros. Mais recentemente, houve duas situações dessas nas greves às avaliações dos alunos através da falta de um professor a um conselho de turma (vulgo reunião de notas). Angariar fundos para suportar greves é legal e justo. O profissionalismo não é exactamente um sacerdócio. Dá ideia que o futuro próximo desenha mais episódios desse fenómeno. A (...)

Greves e Analogias

08.02.19
      Ouvi muitos disparates sobre a carreira dos professores nestes mais de dez anos do cíclico "arremesso a quem lecciona". É também por isso que não falo do que não sei. Mas sei que a sociedade "estimula" a cidadania activa para além de partidos e sindicatos, mas que depois os poderes formais, comunicação social incluída, não perdoam o "atrevimento" se não estiver dentro dos limites estabelecidos no século anterior. É como se a democracia fosse estática. O meu blogue (...)

Um post em rascunho

17.01.19
      Publiquei um post que ainda estava em rascunho. Peço desculpa a quem passou por aqui. Voltarei a publicá-lo quando estiver concluído.

O contorcionismo à volta do tempo de serviço

26.12.18
      O contorcionismo à volta do tempo de serviço dos professores explica-se no que levamos de milénio: é o grupo profissional mais numeroso na administração pública e, pela natureza das funções, o alvo mais apetecível da inveja social. A segunda variável parece mesmo inultrapassável, embora não se confirme nos inquéritos confidenciais sobre o crédito das profissões onde os professores ocupam os lugares cimeiros. Tem ainda duas características que irritam o mainstream

Feliz 2019

19.12.18
  Que umas boas festas antecipem um feliz 2019. Sabemos das nuvens na Europa e no mundo, mas o optimismo é um dever. Aliás, um blogue com quinze anos de publicações diárias impõe a conclusão: não existe a possibilidade de desistência nas ideias de mundo melhor e imperativo da escrita. Tenho ficado mais pelo blogue. Por contenção de procedimentos, a presença no facebook é mais espaçada. Voltarei em 2019. Mas o mais importante, é que o próximo ano nos transporte para uma (...)