Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

a palavra

06.03.16
      “(...)as relações humanas poderiam ser muito diferentes se fosse transparente a relação entre dor e linguagem, se sentíssemos a dor do outro ao ouvi-lo enunciando a palavra.“   O aforismo 303 do filósofo Wittgenstein.      

ideias e aforismos

15.09.15
      Há uma frase célebre, "todo o instrumento científico pode ser válido, depende da cabeça que o utiliza", que devia passar obrigatoriamente, e todos os dias, nos rodapés dos canais generalistas num dos telejornais. Há também outro aforismo muito comprovado, de Otto Bismark, que devemos considerar particularmente nesta fase: "nunca se mente tanto como em véspera de eleições, durante a guerra e depois da caça." Raramente publico aforismos, mas era oportuno (...)

aumentos

12.12.14
      Raramente uso aforismos nos posts e até as citações não merecem a minha preferência. Gosto mais de utilizar imagens com as leituras que vou fazendo para tentar acrescentar qualquer coisa ao que me apetece escrever.   Como dei conta noutra altura, deixei de comprar edições impressas dos jornais. Mantenho apenas a assinatura da Gazeta das Caldas em papel.   Mas há excepções. Há tempos, a última página do Público inscreveu um aforismo certeiro atribuído a (...)

Sempre o medo

14.11.14
      Raramente uso aforismos nos posts e até as citações não merecem a minha preferência. Gosto mais de utilizar imagens com as leituras que vou fazendo para tentar acrescentar qualquer coisa ao que me apetece escrever.   Como dei conta noutra altura, deixei de comprar edições impressas dos jornais. Mantenho apenas a assinatura da Gazeta das Caldas em papel. Mas há excepções. Há tempos, a última página do Público inscreveu um aforismo certeiro atribuído a Epicuro (...)

e sempre à volta do medo

09.08.14
          Não sou muito dado a usar aforismos nos posts e até as citações não merecem a minha preferência. Gosto mais de utilizar imagens com as leituras que vou fazendo para tentar acrescentar qualquer coisa ao que me apetece escrever.   Como dei conta noutra altura, deixei de comprar edições impressas dos jornais. Mantenho apenas a assinatura da Gazeta das Caldas em papel. Mas há excepções e ontem foi um dia desses. A última página do Público inscreveu um aforismo (...)

relações humanas

30.07.11
  (Já usei este aforismo noutros posts)     “(...) as relações humanas poderiam ser muito diferentes se fosse transparente a relação entre dor e linguagem, se sentíssemos a dor do outro ao ouvi-lo enunciando a palavra “   O aforismo 303 do filósofo Wittgenstein que pode encontrar aqui.

das injúrias

30.06.11
    "Quando recebo uma injúria, preciso erguer a minha alma tão alto, que a ofensa não chega até mim"   René Descartes.

da felicidade

25.05.11
            "A felicidade não é mais  do que boa saúde  e má memória".        Albert Schweitzer, físico e filósofo francês,  prémio nobel da paz. (Reedição. 1ª edição em 25 de Junho de 2007.)