Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Remar contra a Maré

08.03.19

 

 

 

Lembrei-me deste pequeno vídeo por ser o Dia da Mulher. Não sou dado a comemorar "dias", mas a realidade é o que se sabe. Admiro mulheres que remam contra a maré, como explico mais abaixo. Não raramente, remetemos as perseguições obsessivas de que são alvo para teorias da conspiração. Tenho ideia que em muitas situações a génese do problema estará num caso tão simples como o do vídeo. Veja até ao fim (1.05 minutos).

Nota: como a ideia de blogue inclui um registo intimista, permitam-me o seguinte: percebi, desde cedo, que a minha independência, e dignidade, passava por ser o mais possível auto-suficiente também na vidinha: cozinhar, tratar da minha roupa e da minha casa e por aí fora. Mais tarde, dei conta, com surpresa, que remava contra a maré dos costumes (que até é um exercício que aprecio). Remei. E, pensando bem, a actualidade não me surpreende. É natural, portanto, que admire mulheres que remam contra a maré. Mas veja o pequeno vídeo até depois do genérico final.