Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

"Porque apoio Sampaio da Nóvoa?"

06.12.15

 

 

 (Publicado na comunicação social local

- Caldas da Rainha - como membro da

Comissão Local de Apoio)

 

 

Acompanho há muito as ideias de Sampaio da Nóvoa, assisti a algumas conferências e não estranho que a sua personalidade inscreva uma candidatura à Presidência da República. Um homem com uma vida pública também marcada por causas e deveres de cidadania, resolveu intervir na política formal porque percebeu que os tempos que vivemos convocam todos os que defendem os principais valores consagrados na Constituição da República: a liberdade, a justiça e a igualdade de oportunidades.

 

Considero que Sampaio da Nóvoa protagoniza uma candidatura que fará a simbiose do Portugal de que nos orgulhamos com uma ideia de futuro que merecemos. Será um Presidente de horizontes largos, com uma ideia de país virado para o mundo e a pensar em todos os portugueses. Sampaio da Nóvoa não alimentará maniqueísmos e terá uma palavra forte na defesa dos princípios da democracia.

 

Sabemos do descrédito de quem se dedica à acção política. É, naturalmente, injusto em muitos casos. Sampaio da Nóvoa, e apesar da sua condição de não militante partidário, eleva-se e não usa a oportunidade com qualquer atributo que escape à condição humana. Essa serena autenticidade tem um significado precioso para o Presidente dos portugueses e transporta um sentimento democrático profundamente enraizado que assegurará que o medo de existir, como uma das marcas mais nefastas da última década, encontre em Sampaio da Nóvoa um adversário com provas dadas.

 

A educação tem sido apontada como a prioridade das prioridades. Não há candidato presidencial, ou mesmo ao executivo, que não o tenha proclamado. Sabemos que a efectivação não traduziu, em regra, esse sentimento. Os poderes presidências são conhecidos, mas Sampaio da Nóvoa não será uma figura "ausente" nem cúmplice do comprovado desinvestimento. 

 

Há combates que valem a pena e percebe-se que esta candidatura suscita apoios que se revêem na matriz fundamental. Ramalho Eanes, por exemplo, diz que será a sua última intervenção política com elogios inequívocos aos valores em presença. Tornar possível um impossível é o desafio maior para Sampaio da Nóvoa e acredito que a sua presidência reforçará essa corajosa proclamação. Tem o meu apoio.

 

 

Captura de Tela 2015-12-04 às 21.09.17.png

 

4 comentários

Comentar post