Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Nuno Crato, "O fiasco", é o único responsável?

22.06.15

 

 

 

Sim e não. É o principal responsável pela examinite que deixa alunos mais de quatro meses seguidos sem aulas, mas não é o único, nem o principal, pela concursite (a procissão ainda nem saiu do adro) que mereceu o recente destaque da primeira página do Expresso sobrepondo-se à grave crise europeia, às sondagens das legislativas, à corrupção no Brasil que envolve políticos portugueses ou às novas revelações do caso BES.

 

A examinite foi ao jeito obsessivo que os eleitores portugueses apreciam: só que Crato, "O fiasco", desconhecia que exames exigem salas sem aulas, vigilantes sem alunos, secretariados de exames sem alunos, agrupamentos de exames sem alunos e correctores de exames sem alunos.

 

A concursite foi administrada pelo secretário Casanova do CDS e atingiu o cúmulo no início do ano lectivo que agora termina.

 

Como Passos é também obcecado, e como lhe devem ter dito que se mentir muito pode vulgarizar a coisa e ter mais votos em campanhas lusitanas, assumiu o leme do caos (as pessoas que debandaram dos concursos no MEC devem ter deixado o processo quase terminado para as listas de anteontem) e esbanjou capital da almofada em empresas externas por causa das eleições. É o que o Expresso quis dizer. Os seus jornalistas não ensandeceram, mas não deixou de ser cómico o silêncio de comentadores e escribas vários e até de defensores das causas educativas mas que também foram picados pela clubite eleitoral. Como se vê, portanto, Crato fez o que fez porque o deixaram.

 

16421863_K4iuo.jpeg

5 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Paulo Prudêncio

    22.06.15

    Provavelmente. Mas entre Crato, Lurdes e Justino o difícil é escolher.
  • Sem imagem de perfil

    Maria

    24.06.15

    Aí eu não tenho dúvida nenhuma, Lurdes Rodrigues a pior!!!
  • Sem imagem de perfil

    F

    24.06.15

    Talvez tendamos a considerar a Mª de Lurdes a pior.

    Eu acho que MLR pode aparecer no pódium, com medalha de ouro, porque era 1 ministra irascível, arrogante e prepotente.

    Nuno Crato aparece-nos com um ar blasé, próprio da nobreza. Aqui não há o ser irascível, arrogante ou prepotente.

    Nuno Crato é um esperto hipócrita de falinhas mansas. Faz pela calada, não se responsabilizando por nada. Daí o ter convencido tanta boa gente.

    Lamentável o carácter de um e de outro. Igualmente.
  • Subscrevo.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.