Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Números animadores

31.03.17

 

 

 

O "desemprego caiu para o nível mais baixo dos últimos oito anos". Depois do défice mais baixo do que levamos de democracia, e de, há cerca de um mês, o Governo da tal Geringonça ter "emitido a dívida com a taxa mais negativa de sempre", fica-se com a ideia que a tendência de queda do desemprego veio para ficar. Também se percebe que a economia dá alguns sinais de crescimento e que e gestão da dívida do anterior arco governativo está controlada apesar de impagável (é mesmo um fenómeno semelhante a uma patologia galopante e fulminante a prazo). Para uma Geringonça que, ao fugir do mainstream, "prognosticava" o fim da nação e quiçá da história, até que nem está nada mal. Esperam-se as sábias, e certeiras, análises de Gomes Ferreira, Camilo Lourenço, Nogueira Leite ou Medina Carreira; e, já agora, do Compromisso Portugal e de toda a massa crítica do BES, GES, PT e por aí fora.

6 comentários

  • Ah, ok. É 1 de Abril.
  • Sem imagem de perfil

    F

    01.04.17

    Pois, passou-me pela cabeça o 1º de Abril.....

    Não foi 1 equívoco coisa nenhuma, e não está esquecido.

    Mas hoje apeteceu-me. E quando me apetece, não há nada a fazer. Apesar de tudo e tudo.

  • ah ah ah. Assim não. Foi uma brincadeira derivada de um equívoco; ou não, claro. Ficou esclarecido.

    Para partida do 1 de Abril não esteve mal.

    E o comentário ao post dos "camareiros"? Como se prova, há muito que referi o "tipo de emprego criado".
  • Sem imagem de perfil

    F

    01.04.17

    A sua tentativa de chutar para canto é ternurenta.....

    bom fim de semana
  • Igualmente :)

  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.