Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

Não somos Parvalorem

26.11.18

 

 

 

Foi em Fevereiro de 2014 que se mediatizou a Parvalorem.SA, criada para "nacionalizar" o BPN, por causa da intenção de venda dos Miró. Como o nome sugeriu, foi uma espécie de "façamos os populares de parvos". Quatro anos depois, a versão usa os professores:

 

"Marcelo só decide sobre professores depois de analisar Orçamento. Questão vai ser de novo analisada pelo Conselho de Ministros. E Belém já fez saber que só analisará diploma aprovado pelo Governo depois se ter pronunciado sobre o novo Orçamento de Estado."