Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

Golas

30.07.19

golas-cachecol-de-l-cachegola-tric-2-voltas-muitas

 

O "caso golas" parece ilustrar a tão falada captura do estado pelos aparelhos. Fica uma certeza: só a mediatização mete pedras numa qualquer engrenagem. O poder central, e as suas ramificações, “obriga” uma maioria governativa a ocupar cerca de 4.000 empregos (dito por um especialista) que efectivamente governam a generalidade dos ministérios enquanto ministros e secretários de estado, também segundo especialistas, palmilham quilómetros em acções de representação muito enraizadas (e tão imperativas e frequentes como desaconselhadas para uma dieta saudável). Há, dizem os entendidos, uma legião de adjuntos, assessores, chefes de gabinete e por aí fora, que decide diariamente e que, em parte, não é escolhida por titulares de pasta com menos influência na máquina. A protecção civil é, há muito e ainda segundo especialistas, um espelho. É só, e segundo quem domina a matéria, imaginar a lógica e os volumes financeiros, para estes patamares de necessidade, da inaudita inserção do ano e mês nas matrículas automóveis até à mudança de cor das placas que indicam a saída nos mais diversos locais públicos e passando pelos negócios no mundo da educação; é isso e as golas de merchandising.

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo

    01.08.19

  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.