Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Enquanto usava o MultiBanco

08.10.19

 

"Espero reformar-me daqui a quatro anos. Se depois disso vier um Governo de estrema-direita, já estou reformado", dizia alguém mesmo atrás de mim. Nem sei como classificar. Só o facto de alguém pensar que os reformados estão livres dos demagogos, populistas e ultraliberais, é mais um sinal de que nem sempre a idade atribui sensatez.