Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

Do Regresso a 2008

12.07.19

 

33884102183_aef3511f9b.jpg

 

Melhorou a percepção em relação à situação económica e financeira e há especialistas a concluir que os indicadores determinantes já estão ao nível de 2008. É cedo para consolidar expectativas, mas é tempo de insistir em cenários que incluam pessoas uma vez que se comprovou o efeito positivo (anulado, em parte, pelos impostos indirectos) de contrariar a austeridade a eito. Aliás, a reposição de salários foi a excepção do Governo na exclusão dos professores por serem muitos. É que se foi ouvindo (escrevi um post semelhante em Maio de 2017) o que se confrimou: se o descongelamento de carreiras incluir subidas de dois escalões, excluem-se os professores por serem muitos; se as reformas antecipadas recuperarem alguma decência, excluem-se os professores por serem muitos; se a recuperação da dignidade, e do tempo perdido, alterar o estatuto das carreiras, excluem-se os professores por serem muitos. É óbvio, portanto, que se espere um "regresso" a 2008, salvo seja, mas que se inicie, no mínimo isso, um exercício transversal. 

3 comentários

Comentar post