Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

do homem novo

28.06.14

 

 

 

 

 

 

Quando caiu o regime soviético, percebeu-se que o culto religioso tinha sobrevivido aos setenta anos de construção do "homem novo". O baú dos valores é, realmente, uma caixa de surpresas.

 

Depois de se saber que há empresas que não aceitam mulheres com ideias de engravidar, ficámos agora a conhecer que existem organizações empresarias que "vetam as relações amorosas" entre as pessoas que lá trabalham. Quase quarenta anos depois, a nossa democracia também reconhece que a ideia do "homem novo" foi uma miragem. E se no caso soviético nem se pode dizer que houve regressão, neste caso português podemos afirmar um chocante retrocesso civilizacional.

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.