Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Desigualdades

14.05.20

Captura de ecrã 2020-05-14, às 22.15.58.png

Se a analítica da actualidade integra os efeitos da pandemia, também clarifica a consistência de problemas sociais. Aliás, as crises sublinham as desigualdades. Escolhi dois factos que estão na génese da tensão política, e que a crise apenas trouxe à superfície do debate, mas que se diluirão na espuma dos dias: enquanto "nos lares e nos hospitais - onde a maioria dos trabalhadores são mulheres - e na generalidade da linha da frente a maioria dos trabalhadores ganha pouco mais que o salário mínimo," é inadmissível que no Novo Banco se atribuam "2 milhões de euros de bónus aos administradores executivos apesar do banco ter prejuízos e recorrer ao Estado." 

Por outro lado, a velocidade mediática desautoriza a massa crítica e amplia o insensato que inquieta as emoções. Percebe-se que a diluição das desigualdades na espuma dos dias, numa mediatização regulada por audiências e sensacionalismos e "patrocinada" por órgãos institucionais, abre espaço, quando muito e a exemplo doutras latitudes, à prevalência dos mais fortes e ao fatal triunfo do fútil.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.