Em busca do pensamento livre.
Segunda-feira, 23 de Abril de 2018

 

 

 

O modelo escolar finlandês reentrou na agenda por causa da generalização da flexibilização curricular. É importante comparar, mas é fundamental que cada sistema tenha o seu caminho. A Finlândia tem um século de independência e "mandatou" os professores, nomeadamente os do primeiro ciclo, para a construção da identidade nacional. Ou seja, confiam, mas confiam mesmo, nos professores e desconhecem a lógica do "cliente escolar". Não há avaliação do desempenho, a carreira é aliciante, não existe serviço de inspecção e só existem exames nacionais no 12º ano. A Finlândia começou a ser muito mediatizada por causa dos resultados internacionais e com um ensino clássico centrado no professor. Só em 2012 é que começaram a estudar a flexibilização curricular e apenas em 2016 deram os primeiros passos. E porquê institucionalizar a transversalidade? Por causa dos futuros profissionais e do pouco entusiasmo dos alunos com as aulas (até nas raparigas que têm melhores resultados em todas as literacias). O processo tem seis anos, não muda com a queda de um Governo (Crato&Rodrigues seriam impossíveis) e registava em 2016 o pessimismo de 34% dos professores; 21% registavam benefícios. A opinião dos professores conta. Toda esta sensatez num sistema com escolas com uma dimensão civilizada, desburocratizada e autónoma e que percebeu que o imobilismo será uma irresponsabilidade perante a quarta revolução industrial em curso acelerado. Mesmo que o exercício de professor não conste explicitamente das tabelas (Klaus Schwab (2017:39), "A Quarta Revolução Industrial") das profissões mais ou menos propensas à automatização, existem alunos com futuros profissionais.

 

IMG_0754

 



publicado por paulo prudêncio às 14:23 | link do post | comentar | partilhar

4 comentários:
De mario silva a 23 de Abril de 2018 às 20:14
nas menos propensas, existem algumas que vão ser proletarizadas e desvalorizadas salarialmente.
por exemplo, nos médicos já começou esse processo há 2 anos atrás...


De paulo prudêncio a 23 de Abril de 2018 às 23:19
É essa a tendência.


De mario silva a 23 de Abril de 2018 às 20:21
e os profs? são mais ou menos?
(se é que alguém com discernimento se meta numa carreira docente sem perspetivas...)


De paulo prudêncio a 23 de Abril de 2018 às 23:20
Não há certezas quanto aos efeitos da automatização, mas a precarização já tem quase um década em Portugal. Digamos que é era um objectivo do tal arco do poder não contrariado pelo actual parlamento; é factual.


comentar post

Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
arquivo
comentários recentes
Nem mais. Aliás, Lurdes Rodrigues iniciou a transf...
O exercício da profissão de professor, não só em P...
e então as dezenas de páginas de documentos dos co...
E um grande estimulante a atingir esse estado da c...
Enfim. Isto chegou a um ponto tal que tudo pode, r...
falha 'conveniente' para quem não quer ser incomod...
São tempos muito diferentes. Também verifico isso,...
subscrever feeds
mais sobre mim
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
ligações
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
tags

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

blogues

campanhas eleitorais

cartoon

circunstâncias pessoais

coisas tontas

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

desenhos

direitos

economia

educação

escolas em luta

estatuto da carreira

falta de pachorra

filosofia

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

luís afonso

movimentos independentes

música

paulo guinote

política

política educativa

professores contratados

público-privado

queda de crato

rede escolar

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

posts mais comentados
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676