Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

da neutralidade da Suíça

23.11.14

 

 

 

É raro o caso de grande corrupção que não passe pela Suíça. Já cansa de tanta "neutralidade". 

 

"(...)não estando em estado de guerra internacionalmente desde 1815, o país é sede de muitas organizações internacionais como o Fórum Económico Mundial, a Cruz Vermelha, a Organização Mundial do Comércio e do segundo maior Escritório das Nações Unidas. A nível europeu, foi um dos fundadores da Associação Europeia de Comércio Livre e é parte integrante do Acordo de Schengen. Em termos desportivos, o COI, a FIFA e a UEFA possuem as suas sedes localizadas no território suíço.(...)"

 

Para além do rol de organizações citadas, há décadas que se reconhece à Suíça o alojamento confidencial das contas de tudo o que é ditador e muitas vezes de local de abrigo para os déspotas deste mundo. Dá ideia que o poder formal instituiu há muito a Suíça como o local neutral que dá jeito em caso de desvario.