Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Covid-19 e Plataformas Digitais

17.03.20

alimentos.jpeg

 

 

Seria avisado que os professores pensassem na informação de retorno no uso das plataformas digitais para o ensino à distância e da entropia que pode causar a quem tem 50 alunos (imagine-se com 150 ou 200). Para além disso, e como é óbvio, é discutível a calendarização de tarefas na casa dos cidadãos.

Recupero uma parte do post (11 de Abril de 2016) "Aulas no século XXI são um escândalo?".

""Aulas no século XXI são um escândalo. Com aulas ninguém aprende.", diz o professor José Pacheco ligado ao projecto "Escola da Ponte". Esta antiga discussão (o fim anunciado da secular escola-indústria) emerge quando mudam governos e se lançam "novas" reformas. Foi assim, por exemplo, "na segunda metade do século XX" com Freinet, Montessori e Summerhill e mais recentemente com as plataformas de comunicação como o Moodle. No último caso, e mais uma vez, o que pode ser uma solução prometedora com adultos ou jovens adultos, torna-se num processo descontrolado se generalizado com crianças e mais ainda em turmas numerosas.(...)"