Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Aguarda-se a reacção das bolhas política e mediática à recuperação do tempo de serviço dos professores

22.05.24

Os professores, mais até os Cravos que não murcham, aguardam sentados a reacção das bolhas política e mediática à recuperação do tempo de serviço dos professores. Não se trata de discutir os detalhes. Desde logo, a ideia de recuperação venceu, e esperam-se os tão anunciados protestos dos restantes grupos profissionais da administração pública. Ou, afinal e ironicamente, nada há para protestar neste domínio como sempre se disse? É que foram anos a fio, cerca de seis, a ouvir um coro de falácias. Há duas décadas, e ao contrário do que se apressaram a declarar os sindicatos que assinaram o acordo, começou uma luta muito mais ampla contra o que provocou a falta estrutural de professores que também foi negada até ao limite do faz de conta: a luta contra os 4 eixos: proletarização da carreira, avaliação Kafkiana, gestão autocrática e inferno da burocracia. Ou seja, não basta recuperar o tempo de serviço. O que ontem se anunciou foi apenas um primeiro passo.

4 comentários

Comentar post