Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

a propósito do oxi

05.07.15

 

 

 

 

 

11659234_886787651395207_8183154637023849350_n.jpg

 

 

 

Lembrei-me do Bartleby de Herman Melville:

 

E podemos começar assim: certo dia, Bartleby, e ao pedido do seu chefe para uma ida aos correios, profere o célebre "preferiria de não" (I would prefer not to). E assim continuou, nem sempre com a resposta no condicional; certa vez usou mesmo o presente do indicativo.

 

O escrivão decide-se também a não escrever, a sequer copiar, e mantém essa decisão nas mais variadas situações até para as ofertas de outros empregos por parte do seu desesperado chefe.