Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

a prancha no Rio 2016 e o nonsense

20.08.16

 

 

 

v.php.jpeg

  

"Assim, sim. Vejam que o treinador dos USA vira a prancha para os jogadores", elogiou o comentador RTP. Intrigou-me o nonsense. Será que o comentador, que também é treinador, está habituado a pranchas viradas para o próprio? Não direi que os treinadores de basquetebol usam pranchas desde que James Naismith (1891) inventou o jogo, mas o apoio terá, seguramente, mais de 40 anos. Como se vê na imagem, elogiar o virar da prancha para os jogadores é tão risível que nem o próprio Mike Krzyzewski, o Coach K dos dream team, deixaria de sorrir de espanto. Só na RTP1. Passar jogos em diferido sem informar os espectadores, e com comentários do outro mundo, é, realmente, serviço público. 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.