Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

A Curta Radiografia dos Professores

14.10.21

 

É a 5ª edição desta curta radiografia. A 1ª é de 5 de Novembro de 2015, a 2ª de 10 de Junho de 2016, a 3ª de 20 de Novembro de 2016 e a 4ª de 26 de Janeiro de 2017. 

Há uma legião de professores que foi sujeita a um inimaginável processo de desprezo profissional como contratados. O desinvestimento na escola foi brutal também nos seus profissionais. E os professores do quadro? Estiveram anos com a carreira congelada, não recuperaram todo o tempo de serviço e têm a aposentação retardada. As imagens alojam-se e inscrevem os acontecimentos mais significativos: anos a fio com a avaliação do desempenho kafkiana agora com progressões, divisões na carreira (um histórico que deixou marcas profundas), mais turmas com mais alunos em horários ao minuto, inutilidades horárias, hiperburocracia, espectro de horário zero e megagrupamentos com um modelo de gestão "impensado" que transportou a partidocracia para dentro das escolas e reduziu objectivamente o clima democrático. É natural que a exaustão e o sentimento de "fuga" se tenham afirmado com tantos murros na dignidade. Importa sublinhar que os meios de comunicação social estão há dezena e meia de anos a publicitar em primeira página a devassa da carreira dos professores e o "tudo está mal na escola pública".

 

32415122001_0a0b136b8d

  Faces, Picasso