Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

e as consequências resumem-se a cortes nos salários e nos subsídios?

21.06.12
      Uma Câmara Municipal pagou uma escola que nunca foi construída e ficou, de tal forma, sem voz em assuntos da Educação que a agregação de escolas no concelho respectivo tem uma dimensão de pasmar. A corrupção no nosso país foi tão descarada que é bem possível que tivesse acontecido uma coisa parecida com a que imaginei na primeira frase.   Todos os dias temos notícias sobre a corrupção e haverá qualquer coisa de spin no meio de tudo isto, como se viu (...)

um bocado irritante

29.05.12
    Por que é que têm que ser os professores a pagar, com desemprego e cortes na massa salarial, os devaneios da parque escolar.sa e as pessoas em geral a corrupção nas PPP´s, no BPN e por aí fora?   Liguei a televisão na SICN e passavam imagens do parlamento. Um antigo ministro das finanças, numa comissão parlamentar, disse a um deputado do PCP que o que este queria era ocupar um cargo público relevante, mas que os votos são para respeitar. Fiquei perplexo.   O (...)

é da festa, pá!

18.04.12
    Quando fiz um post sobre os outdoors da parque escolar com a interrogação que se segue, - "Como se sabe, os outdoors são caríssimos e as campanhas eleitorais em período de contenção recusam a sua utilização. Uma empresa sem concorrência, e que requalificava escolas, fazia publicidade com outdoors a que propósito?" - estávamos em plena crise financeira e, bem sei, em (...)

50% de espanto

16.03.12
        A ex-ministra da Educação, Maria de L. Rodrigues, justifica hoje, na edição impressa do Público, a empreitada da parque-escolar-sa. A coisa já cansa um bocado e a redundância como característica da comunicação social deveria servir para aprendermos. Mas não é bem assim: está tudo mal, mas a empresa continua apenas com uma troca (...)