Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

mais de metade

15.02.13
        Das 28.000 pessoas que deixaram a função pública no ano de 2012, 15.500 estavam vinculadas ao MEC e os professores ocupam a quase totalidade do número. Tem sido sempre assim: os que evidenciam estes dados são considerados tremendistas, recebem o quase silêncio da opinião pública e publicada e quando os números se confirmam a normalidade não incomoda.   A escola pública foi, há anos, escolhida para que os governantes se pavoneiem com com o seus ímpetos (...)

do ridículo se fez escola

10.01.13
          Muito se tem escrito e dito a propósito do relatório do FMI. Pelo que vou percebendo, os órgãos de comunicação social pegaram, e muito bem, no ridículo de algumas propostas.   Há um ou outro blogger que defende o conteúdo do relatório, mas são registos que já estão de tal forma descredibilizados que nem sei se vale a pena pegar por aí. O que se conclui, é que esta mistura entre quem governa e quem tenta sustentar a revolução ideológica vai fazendo (...)

só a troika?!

01.09.12
    É bom que se sublinhe, como ponto prévio: qualquer português de boa vontade gostava que as contas do Estado tivessem um comportamento aceitável e lamenta que tenhamos um Governo que, após todo este esforço, tenha falhado técnica e politicamente.   O presidente da República responsabiliza a troika pelo estampanço da execução (...)