Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

tal como se previa (2)

20.03.13
          Nuno Crato e o SE Casanova não disseram a verdade sobre os professores do quadro quando asseguraram que a mobilidade nunca se aplicaria a estes profissionais. E nem vale a pena usar o argumento de que há docentes sem componente lectiva. Isso só acontece por causa das drásticas reduções que se verificaram na carga curricular e na gestão escolar.   É fácil eliminar disciplinas ou semear o caos organizacional nas escolas e depois dizer que se tem professores a (...)

do valor das palavras - contraditório

30.01.13
          A escolha das palavras pesa e é decisiva para a construção de um modelo. Mas a prosápia com que se enunciam "novos" vocábulos é, muitas vezes, risível. Aprecio a evolução linguística, mas vi impreparação modelar na presunção à volta de palavras que fizeram regredir o que existia. Foi o que se passou com a involução semântica na passagem de escolas para agrupamentos e depois para agregações. É uma insanidade usar o mesmo modelo organizacional (...)

gás pimenta

20.01.13
            Impressionou-me a presença de encarregados de Educação nas manifestações de Braga a propósito da última formação de mega-agupamentos. Não tem sido assim na generalidade do país, onde uns poucos professores tentam remar contra a maré.   Passei há pouco pelo espaço no facebook de um movimento da saúde nas Caldas da Rainha e registei algum desânimo com a indiferença da população. Compreendo o desabafo.   As escolas "andam" há muito isoladas, (...)

3 D

16.01.13
          Desconcentrar ou descentralizar têm tido um resultado: desnortear. É uma espécie de 3 D que acrescenta D´s sem fim: desorientar, desmiolar, descontrolar, desfazer e degradar. Já cansa falar da nossa babilónia administrativa.   O sistema escolar não escapa a este inferno. Desde 2007 que se percebeu que a massa crítica do MEC queria um mega-agrupamento escolar por concelho. Essa suposta agência municipal não conseguiu receber o acolhimento das desorientadas (...)

do valor

05.01.13
        Ninguém vive sem se interrogar.   A pergunta é insubstituível e acrescenta conhecimento, cooperação e mobilização.    Uma instituição avança se cultivar o valor da pergunta, mesmo da que não se sente obrigada a emitir uma qualquer resposta. O aumento da escala torna-se um dissuasor de perguntas.       Já usei parte deste texto noutro post.

em Braga

26.12.12
       Recebido por email com pedido de divulgação.       Comunicado à Comunidade Educativa Reordenamento/Agregação das escolas agrupadas e não agrupadas do Concelho de Braga. Considerando que, até à data, a Direção Regional de Educação do Norte não respondeu ao pedido de audiência solicitado por uma comissão representativa da comunidade escolar bracarense referente à proposta de agregação das escolas e agrupamentos de escola deste concelho; Considerand (...)

segue a desorientação nas agregações nas caldas da rainha

20.12.12
          Há mais de dez anos que a rede escolar das Caldas da Rainha sofre permanentes e desorientadas oscilações. A construção de agrupamentos de escolas, que começou na mudança do milénio, não é apenas discutível por causa do modelo de gestão escolar. Quando se agrupam escolas com critérios pautados pelos interesses partidários, locais e não só, e não por questões (...)

desagreguem-se

10.12.12
      Um dos mega-agrupamentos mais badalados por dispor dos maiores aumentos de escala e de massa crítica do mundo conhecido, parece que entrou em desagregação. Implodiu, digamos assim e ao que me parece. É um faz e desfaz à velocidade da luz. Previsível, se me permitem. Situa-se aqui bem perto, um pouco mais a norte, e nem sei se servirá de lição para os achamentos em curso.     Nem se trata apenas de agregar 2, 3 ou 4 escolas com tipologia-sede, o que está em causa (...)