Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

e eis que

18.09.13
      No post anterior tinha escrito: "Aguarda-se a chegada mediática das agências de raiting, da OCDE e dos relatórios FMI. As primeiras devem estar com um qualquer apagão nos modelos excel." Foi só dar uma nova volta pelos mainstream para dar com o seguinte: (...)

das conclusões coloridas

18.09.13
      No dia em que começa mais uma avaliação da troika, os principais sites dos órgão de comunicação social destacam um estudo da Transatlantic Trends que inclui nas suas investigações as opiniões dos portugueses (foram inquiridos americanos e europeus) sobre a crise e a geometria futura. A equipa que coordenou o estudo inclui uma portuguesa que é simultaneamente assessora da FLAD e coordenadora de alguns projectos (...)

o que é que estará a mudar?

09.04.13
      Muitas vezes, o medo de se ter medo leva a que se paralisem os mecanismos democráticos. O medo apodera-se tanto de invasores como de invadidos, embora só no rescaldo uns e outros se apercebam da condição transversal desse sentimento humano.   Perante a agressividade dos invasores, os invadidos têm que se dar ao respeito. Foi isso que Paul Krugman disse ontem aos portugueses e é (...)

directamente da lua e do tríptico das felicitações

19.03.13
              O melhor indicador para verificarmos a saúde da dívida é olharmos para a capacidade de endividamento nos mercados, afirmou o ministro Gaspar no parlamento. Estamos muito melhor do que a Itália e quase ao mesmo nível da Irlanda, acrescentou.   Se pensarmos no conhecimento que os mercados têm da realidade, e basta pensarmos nos estudos das agências de raiting que pontuaram com nota máxima quem faliu estrondosamente no dia seguinte à classificação, podemos imaginar o patamar estratosférico em que navega Vitor Gaspar que assumiu a

semana moody´s?!

11.03.13
        Foi a semana da Standard & Poor´s, seguiu-se a da Fitch e parece que entrámos na da Moody´s. O Público online destaca mais esta agência de raiting e era interessante um estudo empírico que explicasse este fenómeno nos mais variados órgãos de comunicação social.   A Moody´s até (...)

nova inundação

10.03.13
        De vez em quando até há um hiato, mas a regra é a parametrização das economias mundiais pelas agências de raiting. Esta semana, a Fitch ocupou-se da nossa agenda mediática e ouvi vários noticiários da estatal Antena 1 abrirem com estes comprovados servidores dos especuladores financeiros. Na semana passada foi a Standard & Poor´s com uns anexos do Goldman Sach´s.   E tem piada que os comentadores, como há pouco Marcelo Rebelo de Sousa, antecedem ou (...)

para seguir com atenção

06.02.13
        Assisti, ontem, a uma conferência de Manuel Maria Carrilho, de que darei conta num próximo post, em que se abordou a "ausência" da administração Obama no combate ao poder financeiro que prevalece. Percebe-se que o presidente dos EUA tem sido incisivo em diversas causas dos direitos de minorias, mas que tem sido incapaz de alterar o desequilibrio que nos trouxe até aqui.   É, portanto, de saudar o processo (...)