Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

thor

13.03.11

 

 

 

 

 

Já tinha sido assim com as célebres manifestações de professores; o movimento geração à rasca teve, desde logo, o efeito de assustar uma espécie de martelo de Thor da mitologia norueguesa que inquietava (ou desinquietava) as pessoas através da sua capacidade de manipular os trovões.

 

Desta vez, os martelos são os que se movimentam assiduamente nos meios de comunicação social e que opinam sobre tudo o que lhes aparece à frente. O desnorte vai desde os políticos profissionais aos comentadores encartados, que se apressam a explicar, a engavetar ou a desvalorizar a manifestação de ontem. Os que questionam - mas era só para isto? - era bom que se limitassem a enaltecer a lição de democracia e de cidadania.

 

Estavam à espera que a geração à rasca tomasse de assalto os órgãos de soberania e os principais meios de comunicação social? Então é melhor que desçam da estratosfera para que o trovão, a que parecem apelar constantemente, não se afogue nas suas contradições. É que a geração à rasca pode estabelecer uma ruptura com essa concepção mítica do mundo.

 

Limito-me a fazer indução. O mainstream político e mediático apoiou com tanto fervor os sucessivos disparates na Educação, que não me admira que se tenha passado o mesmo nas outras áreas e que a nossa sociedade esteja exposta a acontecimentos vários.

8 comentários

Comentar post