Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

nova vaga

12.03.11

 

Imagem obtida no blogue do Paulo Guinote e da autoria do Pedro Castro.

 

Não me foi possível ir a Lisboa e tive muita pena. Para além da participação, é sempre inesquecível o convívio com quem quer romper com o mainstream que asfixia perigosamente a democracia. Pelas imagens dos canais de televisão por cabo, a Avenida da Liberdade repete o ambiente das memoráveis manifestações de professores que esperamos que se repitam nos tempos mais próximos.

 

O simbolismo da suspensão desta avaliação de professores é uma exigência que obrigará à reposição da abrangência do poder democrático da escola. É incompreensível como um modelo desenhado por temerosos maus burocratas que se escondem atrás de indicadores imensuráveis e que jamais teriam a coragem de avaliar quem quer que fosse olhos nos olhos, insistem num paradigma de sociedade completamente derrotado.

 

Pelo que vou vendo é também é esse modelo de sociedade que está a ser rejeitado na Avenida da Liberdade, e noutros locais do país, por mais de duzentas mil pessoas. Confirma-se esta premonição: "(...)Mais ou menos controversos, estes movimentos são um sinal dos tempos e a qualquer momento um deles pode tornar-se num caso sério para a sociedade.(...)"

9 comentários

Comentar post