Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

demissão?

18.02.11

 

 

 

Mas não é o Conselho Geral que tem poderes para demitir o director? Claro que sim. Mas a actual ministra da Educação, e ao ver a casa a arder, socorre-se de tiques que deveriam estar armazenados no século passado. Que dizem a isto as organizações de dirigentes escolares? Estão com medo das CAP's? Quem aceita fazer CAP´s para ocupar os lugares de dirigentes em luta contra políticas nefastas não deve merecer consideração. E se alguém o faz, o tempo lá se encarrega do resto. Tudo isto, e mais o que se ouve em off, dá vontade de rir se a pena pelo que estão a fazer à escola portuguesa não se sobrepusesse.

 

Ainda alguém tem dúvidas que o conceito de autonomia do bloco central passa pela nomeação de directores em sede da direcção regional respectiva?

 

 

Suspensão da avaliação nas escolas dá demissão

 

"O ministério da Educação lembra as consequências que pode ter a suspensão da avaliação. Entre os directores ouvidos pelo DN, há quem defenda a suspensão imediata. Um director que suspenda o processo de avaliação na escola onde trabalha incorre num acto ilegal e numa infracção disciplinar, diz o ministério da Educação, lembrabndo que tal acto poderá mesmo motivar a sua demissão."

 

 


6 comentários

Comentar post