Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

Avaliação dos professores volta ao Parlamento

09.02.11

 

 

Pode ler aqui a notícia completa. Se esta farsa não tiver efeitos nos concursos é um bom ponto de partida.

 

 

"O Parlamento volta na quarta-feira a discutir a não consideração dos efeitos da avaliação de desempenho dos professores nos concursos de colocação, na sequência de projectos de lei do PCP e Bloco de Esquerda.

A matéria já foi debatida (...)

Agora, já na segunda sessão legislativa, PCP e Bloco de Esquerda recuperam a intenção de que os resultados da avaliação de desempenho não produzam efeitos na lista de graduação nacional de professores.

Até ao anterior concurso contava apenas a nota de curso e os anos de serviço. Com a alteração introduzida pelo Governo nas regras, um docente avaliado com "Muito Bom" recebe mais um valor, enquanto um professor classificado com "Excelente" é bonificado em dois valores.

«Por motivos que são absolutamente alheios aos professores, um determinado professor pode ser substancialmente prejudicado no concurso apenas por ter sido sujeito a um regime de avaliação diverso», afirmam os comunistas, na exposição de motivos.

Alegando que «são várias as situações de tratamento desigual de docentes que se encontram na mesma situação»,(...)"